Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

MENSAGEM PARA OS SHEPHERD’S BRASILEIROS

Por: BARBARA VEIGA

Faltam exatamente 68 dias para a próxima campanha da Sea Shepherd na Antártida, que foi batizada pelo Capitão Paul por “No Compromise”. O Bob Barker continua em Hobart para reparos finais e o Steve Irwin está a 2000 milhas da costa de Fremantle, chegando na cidade dentro de uma média de 6 dias depois de passar por mares agitados e tempestades imprevistas.

Os dois navios portanto estarão breve reunidos na Austrália e nesses dois meses vai ser feita a preparação para a próxima campanha e os tripulantes aguardam doações (afinal sem elas a ONG não poderia existir) antes de partir pelo sétimo ano em proteção às baleias no Oceano Austral.

É lamentável saber que a Sea Shepherd vai precisar ir novamente ao Pólo Sul para confrontar a frota japonesa e reforçar a lei de preservação ambiental. O caso ainda é indefinido, e ainda não foi colocado um ponto final na matança baleeira.

Eu estarei mais um ano fotografando as ações da Sea Shepherd na Antártida, embarcando no Steve Irwin em novembro. Certamente para mim é de extrema importância estar presente documentando os fatos dessa região frágil e remota, mas que precisa de atenção mundial para acabar de vez com essa violência!

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Quase 50% de óleo derramado pela BP continua no golfo do México

FONTE: FRANCE PRESSE

Quase 50% do petróleo que vazou da plataforma da britânica BP (British Petroleum) no golfo do México permanece na região, afirmou um especialista na segunda-feira, contradizendo relatório bem mais otimista do governo.

O oceanógrafo Ian MacDonald disse que, apesar de boa parte do petróleo ter sido dispersada, evaporada, queimada ou limpa, “a parcela remanescente –quase 50% do total do vazamento– é material altamente persistente que resiste à dissipação”.

O especialista disse que 2,4 milhões de barris de petróleo permanecem no frágil ecossistema, dos 4,9 milhões estimados que foram parar no golfo do México durante os 87 dias de vazamento, antes do poço ser fechado.

“Boa parte do vazamento de petróleo agora está enterrado em sedimentos marinhos e costeuros”, advertiu MacDonald.

A análise do oceanógrafo contrasta com o relatório oficial divulgado em agosto e segundo o qual 75% do vazamento do poço operado pela BP havia desaparecido.

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Depois de vazamento de óleo, BP cria divisão dedicada à segurança

FONTE: FRANCE PRESSE

A gigante de petróleo BP (British Petroleum) anunciou nesta quarta-feira a criação de uma nova divisão dedicada à segurança com poderes ampliados.

O anúncio chega antes do novo diretor geral da empresa, Bob Dudley, assumir o cargo com a função de melhorar a imagem da companhia.

Em um comunicado, a BP afirma que Dudley pretende executar “mudanças importantes” na empresa, cinco meses depois da explosão da plataforma Deepwater Horizon no golfo do México, que provocou o maior vazamento de petróleo da história dos Estados Unidos.

A nova divisão “Segurança e Riscos Operacionais” terá autoridade “para intervir em todas as atividades técnicas da BP” e seus membros serão distribuídos por todos os setores, em particular “nos locais de exploração e nas refinarias”, completa o texto.

A divisão será coordenada por Mark Bly, que supervisionou a investigação interna da BP sobre as causas da explosão da Deepwater Horizon.

A empresa também anunciou a saída do diretor da divisão de Exploração e Produção, Andy Anglis, cuja falta de reação foi destacada no momento do desastre.

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

TENT BEACH LOCAL MOTION SP CONTEST – ETAPA UBATUBA – CLEAN UP DAY SP

Foi realizado em Ubatuba, São Paulo, dias 18 e 19 de Setembro na praia de Itamambuca, mais uma etapa Seletiva do Tent Beach Local Motion 2010, circuito aberto para surfistas de São Paulo (SP) e também do Grande ABC. Os esportistas empenharam-se ao máximo, as manobras foram iradas e radicais, garantindo um espetáculo fenomenal em como nas outras etapas.

SANTOS6

“Para a Sea Shepherd é muito importante desenvolver um amplo trabalho de educação ambiental, com o intuito de sensibilizar a população local, os turistas e principalmente, os surfistas, que são as grandes estrelas do evento e importantes formadores de opinião como esportistas: É preciso mudar a imagem que foi criada pela mídia na cabeça das pessoas sobre os tubarões. Eles são tratados como assassinos e perigosos conforme a mídia costuma mostrar. Desmistificar a imagem do filme Tubarão, que mostra uma imagem distorcida dos fatos, aquilo é apenas um filme sensacionalista com objetivo de ganhar dinheiro e nada mais. Se os tubarões fossem perigosos como falam, milhares de mergulhadores não nadariam com eles lado a lado, ao mundo todo, nem tirariam as lindas, muito menos fariam aquelas incríveis filmagens que passam na TV. Está mais do que na hora dessa fama ser desmistificada.” afirmou Daniel Fernando de Moura, Biólogo Voluntário do ISSB – Núcleo Paulista. Nossa equipe tem atendido prontamente a todos os que visitam nossa tenda.
Todos ouviram o que os voluntários da Sea Shepherd tinham a dizer sobre os tubarões e demais animais marinhos. O retorno tem sido muito positivo.

Cleanup Day – Dia Mundial de Limpeza

O Dia Mundial de Limpeza das Águas, internacionalmente conhecido como Clean up Day, é celebrado em mais de 120 países e o ISSB não poderia ficar de for a dessa e contribuir para melhoria das praias do litoral norte paulista.

Foi realizado durante o TENT BEACH LOCAL MOTION SP CONTEST 2010 de Surf, na belíssima praia de Itamambuca, pelos voluntários do ISSB – Núcleo Paulista.

Ao todo, foram recolhidas duas sacolas pequenas de lixo, nas quais podiam ser encontrados: papeis de picolé, canudinhos, latas de cerveja, sacos de salgadinhos, palitos de picolés, tampinhas de garrafa, chinelos velho, etc, enfim, produtos consumidos por humanos na beira da praia e que muitas vezes terminam dentro da água, felizmente não foi o caso, pois devido ao baixo número de banhistas na praia, devido ao mau tempo, fator determinante que contribui para que não houvesse mais lixo, podendo causar acidentes com diversas espécies de animais como tartarugas, e aves marinhas, em alguns casos levando a morte desses animais.

ESTAMOS DE OLHO NO MAR

Durante o campeonato estamos colocando em prática o programa “ESTAMOS DE OLHO NO MAR”, fiscalizando com Binóculos de longo alcance as APAs marinhas da Costa Atlântica Paulista.
Durante toda a etapa, não descansamos um minuto, revezando entre os voluntários a fiscalização das APAs marinhas através do binóculos, com o objetivo de identificar e inibir qualquer violação da lei, como: pesca ilegal, aproximação dos banhistas e surfistas com embarcações, poluição do mar, etc.

Aproveitamos também o espaço, cedido por nosso querido Dadá, para anunciar, de hora em hora, comunicados aos turistas, surfistas e todos que curtiam o evento, sobre os problemas ambientais, sobre a conservação do mar, dos animais marinhos, em especial os tubarões, desmistificando sua má fama e aproveitando para sensibilizar a galera quanto a conservação das praias

A próxima etapa do Tent Beach Local Motion SP Contest 2010 está programadas para acontecerem na praia de Juquehy, em São Sebastião, nos dias 6 e 7 de novembro. Estaremos presente com nossa equipe em mais essa etapa, defendendo a vida marinha, sensibilizando as pessoas, fiscalizando o mar como todo bom guardião.

DENÚNCIAS:
Caso você tenha maiores informações sobre:
Descarte de água de lastro de forma indevida;
Derrame de Petróleo não informado pela responsável;
Atividades de Pesca Ilegal (Pesca de Parelha);
Acidentes Ambientais na Zona Costeira;
Entre em contato conosco no email:
Carlos@seashepherd.org.br

AGRADECIMENTO ESPECIAL

Nós do Núcleo Paulista
do ISSB gostaríamos de agradecer ao senhor Eduardo Nascimento, Dada, Empresário proprietário da Event Tools, organizador deste Circuito de Surf pela oportunidade concedida aos animais marinhos.
“Esta oportunidade tem nos garantido conhecer os problemas e tentar dar soluções às comunidades atendidas até o momento” afirmou Carlos Alberto Francisco, Coordenador Regional Voluntário do Núcleo Paulista. Com as lições aprendidas neste circuito iremos expandir nossas atividades para a costa atlântica Paulista.

Hospedagem

A hospedagem de nossa equipe foi garantida no ECOTRIP HOSTEL, um albergue dirigido pela empresária Malu que largou o mundo corporativo no interior paulista a fim de realizar seu sonho, fazer mais pelo mundo.
O hostel tem localização excelente no centro de UBATUBA, foi inaugurado em dezembro de 2009 e conta com dormitórios privativos e coletivos. Possui acesso a internet e wifi. Banheiros separados, fluência na língua inglesa e no espanhol garantem o sucesso do hostel da Malu.

O que mais nos impressionou é que ela dirige o negócio visando o mínimo impacto ambiental possível, trabalhando com turismo sustentável, desenvolvendo o turismo voluntário (a pessoa se hospeda e faz trabalho voluntário sócio ambiental) e separando o lixo de forma correta dando ao mesmo destino certo para que seja reaproveitado dentro da própria comunidade o que gera economia local.
São por estas razões que nós do Núcleo Paulista do ISSB recomendamos a hospedagem no hostel da Malu, o ECOTRIP.

Clique aqui para acessar a página do ECOTRIP
LOGO_Surf_Hostel_2

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Voluntas do ISSB em vitória participam do Clean Up Day

Olá pessoal do ISSB.

Sou Caio Martins, voluntário do ISSB (mais precisamente em Vitória, capital do estado do Espírito Santo).

Recentemente aconteceu o clean up the world – dia mundial de limpeza.
Pra ser mais exato, foi nos dias 18 e 19 de setembro.
O evento é mundial. Acontece todo ano no terceiro final de semana de setembro.
No Brasil, eu sei que estavam na lista das praias envolvidas: praia de botafogo, Copacabana, Ipanema, Leblon, são Conrado, barra da tijuca, recreio, grumari, sepetiba, Itacoatiara, Cabo frio, saquarema, ilha de Paquetá, lago Paranoá, americana e Florianópolis, Itamambuca.

Apesar de nenhuma praia do estado do espírito santo ter sido listada, o clean up chegou aqui na praia de Itaparica, na cidade de Vila Velha.
Um grupo formado por 17 voluntários se reuniu no sábado, dia 18, e durante 3h caminharam aproximadamente 3km pela areia recolhendo os resíduos sólidos encontrados.Durante o caminho, as pessoas iam sendo abordadas, recebiam um panfleto educativo e uma sacola oxibiodegradável para colocarem seus resíduos.

01
03
08

Ao final, fizemos o cálculo do que foi recolhido, e chegamos a valores aproximados.

bituca de cigarro: 4320
canudo plástico: 1296
tampinha (metal e plástico): 1872
papel (ex: panfletos, santinhos, contas de bar):576
anel de latinha: 432
guardanapo: 288
palito (picolé, dente): 864
embalagem plástica (picolé, bala, bombom, chiclete): 1152
outros materiais não contabilizados, porém encontrados:
camisinha, caixa de fósforo, corda, linha (pipa, pesca), peça de cerâmica, resíduo orgânico (ossada de peixe, frango, espiga de milho),
isopor, espuma, seringa, pedaços de vidro, cotonete, maço de cigarro, embalagens de todos os tipos, anel de latinha, bexiga, etc.

Nota do Editor:
Valeu Caio, é isso aí. Se as pessoas fossem mais ativas no seu dia a dia o mundo marinho seria um lugar bem mais bonito para se viver. Parabéns a você e todos os que auxiliaram aí no Espírito santo.

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Salmão pode ser primeiro animal transgênico aprovado para consumo humano

A agência regulamentadora de remédios e alimentos dos EUA, a FDA (Food and Drug Administration), se reúne durante dois dias, a partir desta segunda-feira, para analisar se aprova ou não a venda de peixes transgênicos no mercado. Eles se tornariam os primeiros animais geneticamente modificados a serem consumidos por humanos.

A FDA já dissse que o salmão, com crescimento duas vezes mais rápido do que a espécie convencional, é seguro como alimento.

A aprovação pode abrir precedente para o consumo de uma variedade de outros animais transgênicos, incluindo porcos que estão sendo desenvolvidos no Canadá ou gado que seja resistente à doença da vaca louca.

Se autorizado pelos EUA, consumo de salmão geneticamente modificado pode abrir precedente para outros animais

“O céu é o limite”, diz um representante da Associação das Indústrias de Biotecnologia, Davids Edwards.

A empresa AquaBounty submeteu seu primeiro pedido de aprovação à FDA em 1995, mas a agência só decidiu considerar as consequências de animais geneticamente modificados — uma decisão significativa segundo a indústria da biotecnologia –dois anos atrás.

A engenharia genética já é amplamente usada na agricultura, mas o governo norte-americano não havia considerado a permissão do consumo de animais até o momento.

OPOSIÇÃO

Embora os potenciais benefícios –e lucratividade– sejam enormes, muitas pessoas se opõem à manipulação do código genético de criaturas vivas.

Os críticos têm duas preocupações: a segurança do alimento para os seres humanos e os efeitos no ambiente.

Como os peixes alterados nunca foram comidos antes, dizem, poderiam causar uma série de alergias, especialmente entre as pessoas cujo organismo não digere alimentos marinhos.

Há também a preocupação de que os peixes poderiam escapar e alterar a população de salmãos selvagens, que já estão em risco, ou poderiam crescer rapidamente e se alimentarem mais, em detrimento do salmão selvagem tradicional.

Um grande número de ambientalistas e grupos de consumidores argumentam que estudos adicionais são necessários, e que o atual processo de aprovação da FDA é inadequado, porque permite às companhias manter informações secretas.

Califórnia proíbe venda de peixes transgênicos

Alegando razões éticas, autoridades da Califórnia negaram autorização para a venda dos primeiros animais de estimação geneticamente modificados, peixes paulistinhas (Danio rerio) vermelhos que brilham no escuro. Batizados de GloFish, eles deveriam ser postos à venda em janeiro.

A Califórnia é o único Estado dos EUA com uma proibição geral para espécies geneticamente modificadas. Sua Comissão de Caça e Pesca anunciou anteontem que não vai abrir uma exceção para os paulistinhas transgênicos, mesmo que esses peixes, caso escapem, não representem risco algum para seus ambientes aquáticos.

“Para mim é uma questão de valores, não é uma questão de ciência”, disse Sam Schuchat, comissário de Caça e Pesca. “Acho que é errado vender peixes geneticamente modificados como animais de estimação.”

FONTE: FRANCE PRESSE, UOL

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Rejeitando uma conciliação a caça às baleias

Comentário pelo Capitão Paul Watson
Traduzido por Raquel Soldera, voluntária do ISSB

Geoffrey Palmer foi um dos arquitetos do acordo infame que felizmente não conseguiu passar na última reunião da Comissão Baleeira Internacional. Foi uma conciliação que ganhou um apoio considerável, incluindo o apoio dos Estados Unidos, da Comissão Baleeira e do Greenpeace.

Resumindo, Palmer queria que o Japão tivesse permissão para caçar baleias, tanto no Pacífico Norte quanto no Oceano Austral, em troca de apenas reduzir a sua cota de matança no Santuário de Baleias no Oceano Antártico.

Foi uma resposta muito submissa à continuação das atividades baleeiras ilegais do Japão nas águas da Antártida. Era como se a Nova Zelândia, os Estados Unidos, e o Greenpeace aderissem à falta de entendimento do Japão do que as palavras “santuário de baleias” significam.

Esta loucura de “vamos matar as baleias para salvá-las” foi derrubada na última reunião da Comissão Baleeira Internacional, realizada em Marrocos.

Em uma entrevista recente para o jornal japonês Asahi Shimbum, Palmer explica como o Japão perdeu a oportunidade de legalizar a sua atividade baleeira.

A entrevista segue abaixo junto com os meus comentários.

O retorno da Sea Shepherd em dezembro para o Oceano Antártico para a nossa sétima campanha para intervir contra operações ilegais de caça às baleias do Japão será chamada Operação Conciliação Não, em resposta a esta tentativa fraca e subserviente por Palmer e seus aliados para vender as baleias e o Santuário de Baleias do Oceano Antártico.

_____________________________________________________________

PONTO DE VISTA – Geoffrey Palmer: Japão perdeu o barco na baleação costeira

Especialmente para o Asahi Shimbun

Geoffrey Palmer: Todo ano, pouco antes do Natal na Nova Zelândia, nossas telas de televisão ficam cheias de imagens das atividades de caça à baleia do Japão no Oceano Antártico. Como 90 por cento das pessoas na Nova Zelândia se opõem à caça, essas imagens causam grande angústia.

Capitão Paul Watson: Geoffrey Palmer começa dizendo que 90 por cento dos neozelandeses se opõem à caça de baleias e ignora isso para promover a idéia de que o Japão deveria ter a sua atividade baleeira legalizada.

Geoffrey Palmer: Na Comissão Baleeira Internacional, por muitos anos as negociações estavam em um impasse. Tentamos resolver isso com um pequeno “grupo de apoio” das nações pró e anti-caça que eu presidi, e o processo levou à reunião anual deste ano.

Dentro desse processo, o Japão mostrou vontade de fazer um acordo, e indicou que iria reduzir o número de baleias capturadas no Oceano Antártico, se fosse permitida alguma caça costeira no Pacífico Norte em troca. Esta proposta era atraente para nós na Nova Zelândia, e estávamos prontos para apoiar.

Capitão Paul Watson: Ela não era atraente para o povo da Nova Zelândia. Era atraente para o governo da Nova Zelândia, porque eles estavam procurando uma maneira de apaziguar o Japão para não perturbar as relações comerciais. Neozelandeses não são favoráveis à legalização baleeira no Pacífico Norte, em troca de uma redução na matança de baleias no Oceano Antártico. A Sea Shepherd já conseguiu essa redução na matança. Nada poderia ser alcançado através da redução das quotas, já que eles já estão reduzindo de qualquer maneira devido a nossa interferência.

Geoffrey Palmer: Infelizmente o acordo não foi aceito na reunião deste ano, e a razão para isso foi a falta de vontade política de ambos os lados. A oportunidade estava lá, mas não foi aproveitada.

Capitão Paul Watson: Ah sim, a vontade estava lá sim. O Japão queria tudo, e não como a Nova Zelândia e os Estados Unidos, eles não estavam dispostos a conciliar em nada. Felizmente, as nações da América Latina, Europa, Austrália mantiveram-se firmes na oposição à legalização da caça à baleia no Santuário de Baleias do Oceano Antártico.

Geoffrey Palmer: O acordo proposto foi baseado na simples idéia de que menos baleias seriam mortas. A questão era como reduzir, e buscamos um resultado realista. O Japão deixou claro que iria reduzir suas atividades baleeiras no Oceano Antártico só se fosse permitido um certo nível de caça na costa.

Capitão Paul Watson: O número de baleias mortas é menor a cada ano desde que as intervenções da Sea Shepherd começaram. Palmer tem sido hostil com a Sea Shepherd Conservation Society há muito tempo, e, portanto, simplesmente se recusa a reconhecer as reduções na matança de baleias que conquistamos através de nossas intervenções.

Geoffrey Palmer: No entanto, as baleias são um assunto altamente emocional em muitos países, e essa emoção pode levar a uma análise de cabeça-dura. Existe uma resistência à idéia de que a atividade baleeira sustentável é aceitável, e muitas pessoas acreditam que o que é aceitável é que não se tenha atividade baleeira.

Capitão Paul Watson: Não se trata de emoção. Trata-se de legislação internacional de conservação. O que o Japão está fazendo é ilegal. Palmer pensa que conciliação com caçadores é digno de elogio. Claro que há resistência. As atividades criminosas devem ser combatidas. E sim, não deveria haver atividade baleeira, por ninguém, em lugar algum, por qualquer motivo. Como Palmer disse no início de seu artigo, noventa por cento dos neozelandeses se opõem à caça, então por que ele está se comprometendo com os 10% que, aparentemente, apóiam a atividade baleeira. É inaceitável um acordo para apaziguar os interesses de meros dez por cento. Não existe isso de caça de baleia sustentável. Palmer talvez não tenha notado, mas também não existe pesca sustentável. Nossos oceanos estão morrendo e não podemos salvar a biodiversidade dos mares matando baleias e peixes. Nós já reduzimos o número de todas as espécies marinhas para além dos níveis aceitáveis.

Geoffrey Palmer: Além disso, a idéia de um acordo é sempre pouco atraente. Abrir mão de algo, quando é considerado um princípio, é visto como perigoso se não receber o suficiente em troca. Em muitos países, as baleias têm status de ícone e as pessoas pensam que as baleias não devem ser mortas por qualquer motivo. Muitos desses países são, naturalmente, ex-nações baleeiras.

Capitão Paul Watson: Palmer e eu concordamos com isso. Acordos não são atraentes. Se as ex-nações baleeiras, como os Estados Unidos, Holanda, Grã-Bretanha e Austrália podem abolir a caça de baleias, também podem fazê-lo as ricas nações modernas, como o Japão, a Noruega e a Islândia.

Geoffrey Palmer: Para os países que não praticam a caça à baleia, aos governos muitas vezes falta conhecimento sobre o tema, e são facilmente persuadidos pelos apelos de ONGs ambientais. Além disso, como são governos democráticos, não podem ignorar a opinião pública.

Capitão Paul Watson: É muito insultante da parte de Geoffrey Palmer afirmar que as nações não-baleeiras são carentes de conhecimento sobre as baleias e baleeiros. Os japoneses podem ser especialistas em matar baleias, mas os conhecimentos científicos sobre as baleias, os seus números, biologia e comportamento certamente não são deficientes nas nações que votaram contra a retomada da caça às baleias. Palmer está completamente pronto para ignorar as preocupações de 90% de seus conterrâneos em seus esforços para colaborar em tentar apaziguar os baleeiros japoneses.

Geoffrey Palmer: No entanto, o Japão poderia ter oferecido mais nas negociações.

Eu analiso o Japão como uma pequena ilha com uma população grande, o que leva o governo a colocar uma forte ênfase na segurança da alimentação. Embora as pessoas no Japão comam menos carne de baleia do que costumavam, o governo não quer que os recursos do mar se fechem para eles.

No entanto, o Japão poderia ter ganhado muito reduzindo sua caça à baleia no Oceano Antártico. É lamentável que a delegação japonesa não tenha avançado no início das negociações. Na minha opinião, se o Japão tivesse feito sua oferta final numa fase anterior, o resultado poderia ter sido diferente.

Capitão Paul Watson: O Japão não está interessado em acordo. Eles acreditam no assédio moral econômico para atingir os objetivos que desejam, e parecem estar trabalhando nisso com a Nova Zelândia. Um navio japonês deliberadamente bateu e destruiu uma embarcação registrada na Nova Zelândia, e a Nova Zelândia sequer questiona o capitão japonês responsável pelo crime. Na verdade, o governo da Nova Zelândia, ao lado dos baleeiros japoneses, se recusa a condenar o ataque feito pelo navio japonês.

Geoffrey Palmer: A moratória da caça comercial à baleia é uma das grandes vitórias da governança global, e é minada pelo programa baleeiro japonês. O Japão utiliza uma brecha para levar a cabo esta atividade baleeira, e sua reputação sofre porque muitas pessoas de outros países pensam que a base científica para isso é uma farsa.

Capitão Paul Watson: Não, não acho que é uma farsa. Foi provado que é uma farsa. A chamada “caça científica” é uma fraude, e não engana ninguém, exceto aqueles que acham conveniente ser enganado em benefício de suas próprias agendas. Que tipo de grande vitória é esta moratória onde cerca de 20.000 baleias foram mortas desde que foi implementada. Se fosse uma vitória, então não teríamos a necessidade de intervir contra as atividades baleeiras ilegais que operam em desafio a esta moratória.

Geoffrey Palmer: Concessões no programa de caça às baleias no Oceano Antártico permitiriam ao Japão buscar a baleação costeira, mas também trazer paz aos confrontos anuais que não contribuem nada para sua reputação internacional e os seus objetivos de política externa.

Capitão Paul Watson: Palmer não tem credibilidade para fazer tal declaração. A Sea Shepherd Conservation Society não aceitará nada menos do que um desligamento total das operações de caça às baleias no Santuário de Baleias do Oceano Antártico. Palmer pensou que simplesmente iríamos embora se tal conciliação fosse negociada? Ele obteve garantias do Greenpeace que eles iriam se abster de novas intervenções, mas o Greenpeace não tem feito nenhuma intervenção contra a caça às baleias no Oceano Antártico desde 2007. Nosso retorno às águas da Antártida em dezembro de 2010 será chamado de Operação Conciliação Não, em resposta a essa tentativa fracassada de apaziguar os baleeiros japoneses.

Geoffrey Palmer: O tratado em que a Comissão Baleeira Internacional se baseia é fundamentalmente defeituoso. Ele contém objetivos tanto de gestão de cotas de caça quanto de conservação de baleias. Não está claro se os dois objetivos podem ser alcançados.

As negociações na Comissão Baleeira Internacional farão uma pausa agora, mas não acabaram. É preciso haver reconsideração de ambos os lados se vamos fazer um acordo. Em um discurso no início deste ano, eu disse que para o acordo ser alcançado, ambos os lados teriam de sofrer a dor, e se sentirem como se tivessem engolido um rato morto. Nesta ocasião, o apetite para os ratos mortos era muito limitado.

Capitão Paul Watson: Não há consenso necessário. O que é necessário é a aplicação das leis existentes. O Japão está ilegalmente matando baleias-fin, baleias-jubarte e baleias-minke protegidas em um santuário de baleias a nível internacional, violando uma moratória global na caça à baleia, violando o Tratado da Antártida, e desprezando o Tribunal Federal australiano. As baleias continuam sofrendo a dor do Sr. Palmer, agonizando uma dor cruel horrível, e é essa dor que queremos colocar um fim, e, portanto, não temos a intenção de engolir seus ratos do acordo. A atividade baleeira deve ser encerrada no Oceano Antártico, sem condições, exceções ou conciliações.

Geoffrey Palmer é um ex-primeiro ministro da Nova Zelândia e um representante da Comissão Baleeira Internacional. Este artigo foi compilado a partir de uma entrevista no Asahi Shimbun.

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

UFRGS – WENDELL ESTOL – 17 /09

Em 17/09, Wendell Estol, diretor técnico do ISSB estará participando de uma mesa redonda no EERI (Encontro Estudantil de Relações Internacionais).
Tem como título “Inserção profissional”. Alem de Wendell Estol contará com a presença de Wend Sérgio Léo, jornalista internacional, Carlos Lélis, coordenador da Agência Brasileira de Promoção de Exportação (APEX).

Wendell abordará o campo de trabalho e a importância das Relações Internacionais para ONGs de abrangência mundial, bem como as possibilidades de inserção profissional nesta área.

O horário da mesa é das 16h30 às 18h30.

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

UBATUBA – PRAIA DE ITAMAMBUCA – etapa do Tent Beach Local Motion SP Contest

Seletiva Zona Sul do circuito destinado aos surfistas da Grande São Paulo acontece sábado e domingo, em Ubatuba (SP)

São Paulo (SP) - Pedro Oliveira é um dos destaques da quarta etapa do Tent Beach Local Motion SP Contest 2010, que será realizada sábado e domingo, na praia de Itamambuca, em Ubatuba (SP). A prova é destinada aos atletas moradores dos bairros e cidades da Zona Sul da Região Metropolitana – os residentes em outras áreas da Grande São Paulo competem no chamado SP Trials, que também é classificatório para o Confronto Final, programado para 27 e 28 de novembro, na praia de Maresias (São Sebastião).

O surfista do bairro do Planalto Paulista, na Capital, foi o vencedor do SP Trials nas duas etapas já realizadas (Maresia e Santos) – a terceira foi adiada para 27 e 28 de novembro – e agora não esconde que quer ganhar também a seletiva da região onde mora e, assim, manter a invencibilidade na temporada e garantir a vaga direta para o Confronto Final. Contudo, ele, que acaba de passar uma temporada de 20 dias surfando no México, descarta qualquer favoritismo nas ondas de Ubatuba.

“Tem muita gente boa na Zona Sul, o que deixa a disputa equilibrada”, declarou Pedro Oliveira, 33 anos, 23 deles dedicados ao surfe. Segundo ele, o maior adversário será Erick Proust, vice-líder do SP Trials e também morador da região. “Nas duas primeiras etapas, fiquei em primeiro e ele em segundo. Vamos ver agora”, disse o surfista, que, no último final de semana, ficou em segundo lugar na categoria Formados na etapa decisiva do Circuito Paulista Universitário, na praia de Itamambuca.

Inscrição (SP) - As inscrições para a quarta etapa do Tent Beach Local Motion SP Contest 2010 terminam nesta quinta-feira. A taxa de participação é de R$ 70,00, com direito a uma camiseta oficial do evento.

Os surfistas residentes na Zona Sul podem se inscrever nas categorias Open Regional (32 vagas), Longboard Regional (16), Máster Regional (oito vagas para nascidos em ou antes 1974). Os das outras regiões competirão na Open SP Trials (32 vagas) e na Longboard SP Trials (16).

A inscrição pode ser feita em cinco lojas da Tent Beach (Mega Store, West Plaza, Center Norte, Shopping Santa Cruz, Shoping Tatuapé) e na fábrica de pranchas Glasser Future Surfboards, no bairro de Santana.

O Circuito Tent Beach Local Motion SP Contest 2010 tem o patrocínio da Tent Beach e da Local Motion. Os apoiadores são Freeday, BHS, Glasser Future Surfboards, OZ Quilhas, Jovem Pan On Line, deputado federal William Woo, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria do Esporte, Lazer e Turismo, V10 Impressão Digital, Mag Modelo Artes Gráficas e Sea Shepherd Guardiões do Mar.
A divulgação oficial da competição é dos sites Waves.Terra e Jovem Pan On Line. A organização é da Event Tools Promoções e Eventos Ltda, a realização da Associação de Surf da Grande São Paulo e da Federação Paulista de Surf. A quarta etapa tem apoio da Prefeitura Municipal de Ubatuba e da Associação Ubatuba de Surf.

PRESENÇA DA SEA SHEPHERD: O ISSB estará mais uma vez presente a este evento e levará seu know-how em defesa dos oceanos. “Nossa intenção é conversar com os surfistas e desmistificar a imagem do tubarão como ASSASSINO DOS MARES. Estes animais são importantíssimos para a fauna marinha e são os responsáveis em manter as cadeias alimentares sob controle.” Afirma o Carlos Alberto Coordenador Regional Voluntário no Estado de SP do ISSB.

Este fim de semana, tambem é o CLEAN UP DAY do Núcleo de Voluntários SP do ISSB, onde mergulhadores, ativistas pelos oceanos e amigos dos mares realizam a limpeza das praias, fundo do mar, levando consigo, toda a sujeira que a vida moderna deixa nestes ambientes. Faremos a nossa parte, gostaríamos que todos tambem fizessem a sua, afinal de contas se pudessem falar os animais marinhos diriam: LUGAR DE LIXO É NO LIXO E NÃO NA NOSSA CASA!

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

CARTA ABERTA POR SÃO SEBASTIÃO E ILHABELA

Olá a todos, meu nome é Denise Hajjar.

Como cidadã preocupada com o futuro do litoral norte, escrevo este texto abaixo e gostaria de publicá-lo pois acredito que o cenário que observei em no porto de Imbituba em SC no último feriado, pode ser a nossa realidade em um futuro muito próximo. Apenas teremos o caos e a desordem em uma escala dez vezes pior se o projeto de expansão do Porto de São Sebastião for aprovado. Uma região infinitamente menor devido a geografia do local, sem espaço para o escoamento da produção via caminhões.

Lembrando ainda que este cenário descrito abaixo foi observado em um porto com 2 berços e avenidas muito largas ao seu redor. Imaginem um porto com 20 berços? Em São Sebastião?

No feriado de 7 de setembro fui com minha família para a praia de Ibiraquera em Santa Catarina. Fomos até lá ver as baleias franca que nesta época do ano escolhem as águas deste local na costa, para se reproduzirem. Um espetáculo maravilhoso que recomendo a qualquer um.
Além das baleias, acabei me deparando com um outro fato que me deixou muito triste. Para quem vai a Ibiraquera e aprecia o mar da praia, nota-se ao fundo um porto, localizado na cidade de Imbituba. Estão todos na mesma baía e acreditem se quiser, dentro da área de proteção das baleias francas! Acreditem, um porto, dentro da área de proteção das baleias que viajam o mundo todo e escolheram aqui para se reproduzirem fugindo de seu predador natural, as orcas. Os navios desfilam ao fundo desta paisagem rumo ao porto. Algum deles até se arriscam a chegar mais perto para apreciar o espetáculo, ignorando o fato que o ruído dos seus motores causam confusão nestes animais desorientando-os!

Bom mas esta é apenas uma parte da história. Fomos até a cidade de Imbituba, aonde o porto se localiza, para participar do passeio de observação das baleias. O porto de Imbituba é pequeno, assim como o que temos aqui em São Sebastião e está em expansão. Um paredão imenso está sendo construído mar adentro para proteger o porto das marés. A praia da baía aonde o porto se encontra é povoada por pescadores. Um pequeno pátio com contêineres velhos compõem o resto desta paisagem.

Por toda parte pude observar restos de tudo que pode ser deixado para trás como um grande depósito de lixo. Restos de navios que outrora encalharam na região, restos de máquinas e ferros retorcidos, vizinhança pobre.

A região a volta do porto é ampla. Avenidas largas com pistas duplas nos dois sentidos. Tudo bastante espaçoso pois a cidade de Imbituba é uma cidade assim meio parada, meio sem vida. Mas não pude deixar também de notar o fantasma que começa assombrar a nossa região aqui no estado de São Paulo…

Caminhões em fila, encostados nestas avenidas, ocupando metade da pista, a espera da sua vez de descarregarem sua carga. O porto é pequeno e possui hoje acredito que apenas 2 berços de atracação e pude contar mais de 15 a 20 caminhões estacionados nas ruas desta cidade ampla e espaçosa. Dois berços para 15 a 20 caminhões na espera….. podem começar a fazer conta e transferir esta realidade para a qual querem transformar a nossa aqui em São Sebastião.

A Estrada que liga Imbituba a Florianópolis também é outra história.Semelhante a nossa Tamoios, a Br 101 neste trecho é na sua grande maioria constituída de duas pistas. Uma que vai e a outra que vem. Está a anos sendo duplicada, mas, não termina nunca! Vários trechos em obras e inúmeras pontes que nem iniciaram sua construção. O trânsito de caminhões é ininterrupto durante a semana, sábado, domingo e feriados. Alguns feriados chega-se a levar 8 horas para percorrer um trecho de 80 km nesta mesma Estrada!

Imbituba é um porto privado e sua maior vocação é a exportação de carnes, óleo dentre outros. Está em expansão dentro de uma APA marinha em uma cidade que já mostra sinais de deteriorização e com uma estrada que mal da conta do tráfego que já existe…

Até quando a falta de boa vontade e respeito para um bem mútuo tem que ser conseguido depois de muita briga?

Coitados daqueles que não tem como reclamar.…O que será de nós aqui em São Sebastião e Ilhabela?

DENISE HAJJAR
Presidente da Associação dos amigos e velejadores da praia da armação e ponta das canas de Ilhabela

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14