Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Mais de 100 mil pedem pelo fim da caça às baleias na Noruega

Cerca de 101 mil pessoas de 120 países assinaram uma carta aberta de reivindicação ao Primeiro-Ministro da Noruega Jens Stoltenberg pelo fim da cruel caça comercial de baleias do país. A petição, lançada pela Sociedade Mundial de Proteção Animal (WSPA, na sigla em inglês), é a maior demonstração pública de oposição à matança de baleias na Noruega desde 1993, quando a atividade foi retomada.

A manifestação pública aconteceu porque a Noruega – um dos únicos três países que ainda insistem na caça comercial de baleias, apesar da proibição em todo o mundo – está se preparando para defender a atividade na semana que vem, durante o 62º Encontro Anual da Comissão Internacional da Baleia (IWC, na sigla em inglês), em Agadir, Marrocos. A reunião pode acabar resultando em uma proposta desastrosa que iria efetivamente suspender a proibição da caça comercial, que já dura 24 anos, além de dar à Noruega o direito de caçar uma cota de 6 mil baleias minke nos próximos 10 anos.

No início desta semana, o lançamento de um novo vídeo da WSPA que exibe a crueldade da matança das baleias na Noruega resultou em uma forte reação do público. Milhares de pessoas de todo o mundo participaram do abaixo-assinado – inclusive, mais de 5 mil noruegueses – pedindo o fim dessa prática.

“Está claro que a caça de baleias na Noruega está ultrapassada. Uma recente investigação nossa demonstrou claramente que essa atividade é cruel e desumana”, disse . Mais de 100 mil pessoas manifestaram seu apoio ao crescente movimento mundial que exige que o sofrimento das baleias seja levado em consideração antes de se pensar em aspectos políticos. A Noruega agora tem de explicar como vai defender a continuidade dessa prática retrógrada”.

No final de maio, a WSPA e os grupos de proteção animal noruegueses Dyrebeskyttelsen Norge e NOAH – for Dyrs Rettigheter, captaram imagens de uma baleia minke sendo atingida por um arpão pelo navio de caça norueguês “Rowenta”. A cena mostra o impacto do arpão e a falha dos caçadores noruegueses em garantir uma morte rápida, uma vez que o animal agoniza por horas. As imagens – e sua resposta internacional – evidenciam o argumento que a WSPA tem defendido: o tamanho das baleias combinado às adversas condições naturais dos locais de caça simplesmente não proporcionam a esses animais uma morte humanitária.

“Nós estamos extremamente animados com esta forte oposição global à caça de baleias na Noruega – particularmente com os milhares de noruegueses que pedem ao seu país que pare com a matança. Agora o governo deve reconhecer e agir por essa causa”, afirmou Carl-Egil, diretor do Dyrebeskyttelsen Norge. As assinaturas foram recolhidas através de ações online promovidas em oito idiomas. Os grupos de proteção animal Dyrebeskyttelsen Norge e o NOAH entregaram o abaixo-assinado para o Primeiro Ministro norueguês nesta quinta-feira.

“A crueldade da matança pode acontecer longe dos nossos olhos, mas não fora de nossa mente. As pessoas não vão mais tolerar esse tipo de tratamento brutal com os animais. Nós aguardamos a resposta do Primeiro Ministro e esperamos que ele aja com bom-senso e compaixão”, disse Siri Martinsen, veterinária da NOAH.

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Japão pode deixar Comissão Baleeira Internacional

DA ASSOCIATED PRESS

O Japão pode deixar a Comissão Internacional da Baleia (CIB) se não houver um afrouxamento nas restrições impostas à caça comercial do animal, afirmou nesta terça (15) o ministro da pesca do país.

A CIB, o órgão internacional que regula a caça comercial de baleias, irá se reunir para sua conferência anual na próxima semana em Agadir, no Marrocos. A expectativa é que se chegue a um meio-termo entre as exigências de países a favor e contra a caça de baleias, o que pode incluir a possibilidade de caça em uma escala reduzida.

Uma moratória está em vigor há 25 anos, mas países como o Japão, Noruega e Islândia ainda caçam baleias valendo-se de várias exceções previstas no acordo. Uma proposta da CIB circulou em abril sugerindo permitir a caça restrita por um período de 10 anos.

O Japão tem frequentemente ameaçado retirar-se da CIB no passado. “Esse é realmente o estágio final, e não sabemos o que vai acontecer”, disse Mashiko Yamada, ministro da Agricultura, Silvicultura e Pesca, que assumiu o cargo há apenas uma semana.

A proposta que permite a pesca comercial atraiu críticas de todos os lados. O ministro das Relações Exteriores na Nova Zelândia e o ministro do Meio Ambiente da Austrália participarão da conferência no Marrocos. Yamada, porém, não irá, alegando problemas de orçamento. O governo japonês ainda não decidiu quem irá representá-lo.

“Este é uma das mais importantes conferências da comissão nos últimos 30 anos. Espero sinceramente que todas nações-membro compareçam determinadas a sair desse impasse que tem marcado a ICB por tanto tempo”, disse o ministro do Meio Ambiente da Austrália, Peter Garrett.

Países que são contra a caça de baleias, incluindo Austrália e Nova Zelândia, não aceitam um sistema de cotas e querem que o Japão pare com a caça em águas do Oceano Austral, próximo a Antártida.
O programa de caça japonês envolve grandes expedições ao Oceano Austral, enquanto outros países caçam baleias apenas próximo a suas costas.

O Japão alega que sua caça é motivada por razões científicas, mas opositores dizem que isso é apenas uma desculpa para a caça comercial. A Austrália está processando o Japão na Corte Internacional de Justiça.
FONTE: FOLHA.COM

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Núcleo RJ do ISSB participa da XVI Semana de Meio Ambiente da PUC

O Núcleo Rio de Janeiro do Instituto Sea Shepherd estará presente na XVI Semana de Meio Ambiente da PUC-Rio, que acontece entre os dias 14 e 18 de junho, na sede da universidade, na Gávea.

A participação do Núcleo contará com a palestra “Importância de Ações de Voluntariado para o Meio Ambiente”, que será ministrada pelo coordenador regional do ISSB RJ, Paulo Guilherme Cavalcanti e pela bióloga Sofia Graça Aranha, voluntária do ISSB RJ. Além disso, haverá também a apresentação do trailler do premiado documentário “Sharkwater”, que denuncia o massacre de tubarões. No local, um estande ficará disponível para mais informações, dúvidas e sugestões.

A XVI Semana de Meio Ambiente, é um evento realizado pela PUC-Rio, através do Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente (NIMA). Tendo a clareza de que alunos, professores e funcionários são os agentes ativos que transformarão as propostas de sustentabilidade em atitudes do cotidiano da universiade, o evento tem como seu principal objetivo envolver e sensibilizar o aluno para as questões ambientais, mobilizando um grupo interdisciplinar para propor e produzir as atividades de forma deliberativa.

Atividades

As atividades ocorrerão por quase todo o campus da PUC. No Pilotis do Edifício Kennedy estarão estandes de ONGs e instituições. No Auditório Padre Anchieta, com capacidade para 150 pessoas, serão realizadas as palestras e mesas de debates, exibição de filmes. A programação completa está disponível AQUI.

Conceito Geral

A XVI Semana de Meio Ambiente terá como tema norteador a Agenda Ambiental da PUC-Rio, que busca instituir um conjunto de práticas que permitam e estimulem a sustentabilidade e a qualidade de vida socioambiental no campus universitário, tendo como base os princípios humanitários, científicos e éticos.

A intenção é valorizar a participação individual em ações coletivas, demonstrando que as transformações nascem em cada um e que tal qual na geometria fractal, o indivíduo é o todo. Assim, a Agenda Ambiental tem desta forma, o objetivo que essas transformações comecem pelo campus da PUC. Nesse sentido, é necessário passar uma visão integrada e seqüencial, em que todos os tópicos tratados na Agenda sejam uma estratégia comum para a implantação de um sistema ambientalmente sustentável e socialmente solidário no espaço físico do Campus.

Serviço
Sea Shepherd RJ na XVI Semana de Meio Ambiente da PUC
Dias: de 14 e 18 de junho
Horário: 9h30 às 18h
Mais informações: comunicacaorj@seashepherd.org.br

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Líder do Sea Shepherd relata tentativa de amenizar tragédia americana

O homem que já se colocou entre uma baleia e um arpão e que já pintou focas com tinta inofensiva apenas para a pele do animal perder seu valor pecuniário está, neste momento, vivendo uma das suas mais dramáticas aventuras em alto-mar. Paul Watson, fundador do Greenpeace que se tornou dissidente e criou o Sea Shepherd Conservation Society em 1977, lançou um grito na última sexta-feira, reclamando de barreiras burocráticas para os ativistas chegarem à costa americana, onde um derrame de óleo provoca o maior desastre ambiental já vivido pelos Estados Unidos.

Esse grito do canadense Watson, 59 anos, foi ouvido com exclusividade por Zero Hora, na forma de uma entrevista por e-mail que ele concedeu no meio da tarde de sexta-feira.

– Enquanto estamos barrados por questões burocráticas (especialmente problemas com visto), o petróleo já afetou, de forma irreparável, grande número de aves e outros animais marinhos – queixou-se, contando que ativistas não conseguem chegar à costa americana para ajudar a atenuar o derramamento de óleo que provoca o maior desastre ecológico americano.

Os ativistas tiveram de seguir até a costa de Cuba, onde têm encontrado guarida. Watson não revela onde está neste momento com seu barco, o Ocean Warrior (Guerreiro do Mar, em inglês).

Perguntado sobre os motivos que provocaram tal e tamanho desastre, Watson culpou o governo americano que, segundo ele, não deu incentivo a um fiscal que investigava a gigante petroleira BP, a proprietária da plataforma que despencou no Golfo do México na madrugada de 21 de abril, para inundar as águas e envenenar a fauna.

O derrame de petróleo devastador no Golfo do México poderia ter sido evitado se um ex-agente federal da Agência de Proteção Ambiental (EPA) tivesse sido autorizado a fazer seu trabalho. Scott West, que agora trabalha para a Sea Shepherd, aposentou-se da EPA após o governo terminar com sua investigação sobre a negligência da BP no Alasca em 2006. West enviaria executivos da BP para a prisão. A BP se confessou culpada. Se West tivesse completasse a investigação, alguns executivos da BP teriam tomado mais precauções.

Definido pela revista Time como um dos 21 principais heróis ambientalistas do século 20 e tido como “radical” e “terrorista” por muitos, Watson evita o rótulo de radical. Explica que saiu do Greenpeace por discordar dos seus métodos. Erguer faixas e usar máscaras, segundo ele, de nada adianta. Watson defende ações ambientalistas mais arrojadas. E, em suas palavras, mostra um lado propositivo ao rejeitar o protesto pelo protesto. Pede mais ação, vislumbra aprendizado em meio ao caos, enaltece a atuação proativa.

O mundo aprende, com este episódio, que as autoridades locais estão despreparadas. Além disso, encontramos a maioria das principais organizações de conservação ambiental mais preocupadas em boicotar as empresas petrolíferas, pendurando faixas de protesto, do que em sujar suas mãos na limpeza de aves atingidas pelo petróleo.

Protestar contra as empresas petrolíferas não ajuda a intimidá-las?

Protestar contra as companhias petrolíferas não vai resolver o problema. Este mundo é depende do petróleo, e protestos não vão interromper o fluxo do petróleo. Enquanto o mundo está economicamente dependente do petróleo, derramamentos de óleo serão inevitáveis. O objetivo não é atacar as empresas, mas criar uma coalizão de organizações ambientalistas e produtores de petróleo.

Watson quer chegar à costa americana para se juntar à BP, ao governo americano e aos pescadores locais. Objetivo: limpar os animais, varrer o óleo. Olhar para frente. Evitar que a situação se torne ainda mais grave.

A Sea Shepherd e outras organizações têm navios. Esses grupos, assim como governos e empresas, têm recursos. Precisamos mobilizar esses recursos agora. Este vai ser um processo longo, sujo e cansativo, mas temos de agir e devemos agir agora.

Dez anos atrás, Watson inaugurou em Porto Alegre o escritório que representa sua organização no Brasil. Com o nome de Instituto Sea Shepherd Brasil (ISSB), o grupo diz já ter capacitado mais de 3 mil voluntários para atuar na contenção de derramamentos como o que ocorre na costa americana.

– Recebemos solicitação direta do capitão Paul Watson para treinarmos as equipes de salvamento – comenta Daniel Vairo, diretor-geral voluntário do ISSB, citando os ativistas brasileiros como especialmente preparados.

LÉO GERCHMANN

FONTE: ZERO HORA (PORTO ALEGRE, RS)

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Obama volta à região afetada por vazamento de petróleo no Golfo

O presidente Barack Obama, resolvido a impor exigências mais severas à empresa British Petroleum (BP), inicia hoje um percurso de dois dias pelas áreas litorâneas afetadas por um vazamento de petróleo no Golfo do México.

Ao retorno de sua viagem pela Louisiana, Mississipi, Alabama e Flórida, o presidente dirigirá uma mensagem à nação na terça-feira à noite na qual explicará as medidas que seu Governo tomará para enfrentar a poluição e compensar os indivíduos e empresas atingidos.

Na quarta-feira Obama se reunirá na Casa Branca com o presidente da BP, Carl Henric Svanberg, e segundo um funcionário da Presidência exigirá a criação de um fundo especial para o pagamento de compensações e indenizações aos atingidos pelo vazamento que começou no dia 20 de abril.

O almirante (aposentado) da Guarda Litorânea, Thad Allen, que lidera o esforço do Governo para a contenção do vazamento de petróleo, disse que desde este domingo começou a instalação de sensores que deem às autoridades uma ideia mais precisa do volume de petróleo que flui do poço.

BP isolada

Além da viagem de Obama ao Mississipi, a edição do jornal britânico ” Financial Times” desta segunda-feira (14) diz que os diretores das maiores petrolíferas do mundo afirmarão amanhã no Congresso americano que o vazamento ocorrido no Golfo do México poderia ter sido evitado, distanciando-se assim em público pela primeira vez da British Petroleum (BP).

Segundo soube o “Financial Times”, os diretores de Exxon Mobil, Shell, Chevron e ConocoPhillips dirão que se forem seguidas as “melhores práticas” do setor podem ser evitados acidentes ecológicos como o da plataforma Deepwater Horizon.

Os grandes grupos petrolíferos querem aproveitar seu testemunho perante uma subcomissão de Energia e Comércio da Câmara de Representantes, para justificar os trabalhos de prospecção em águas profundas do Golfo.

O Governo impôs uma moratória de seis meses a essas atividades desde que aconteceu o derrame, e muitos na indústria temem que as autoridades decidam ampliá-la.

Os executivos das petrolíferas responderão também às críticas no sentido de que a indústria não estava preparada para um desastre de tal magnitude, tendo em vista que o vazamento ainda não pôde ser contido.

Segundo o jornal britânico ficou sabendo de fontes das empresas que vão testemunhar perante o Congresso americano seus diretores querem transmitir a mensagem que o acidente poderia ter sido evitado.

As petrolíferas asseguram que planos de perfuração contam com sistemas redundantes que permitem fazer o melhor acompanhamento das pressões nos poços e que também seguem as operações em tempo real de terra para detectar qualquer problema que possa surgir.

Os poços têm também múltiplas barreiras para o caso de acontecer algum acidente, mas não está ainda claro se BP tinha aplicado todas essas salvaguardas.

FONTE: UOL

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Japão comprou apoio de países pequenos à caça de baleias, diz jornal britânico

Segundo o jornal britânico “Sunday Times”, representantes de São Cristóvão e Nevis, Granada, Ilhas Marshall, Kiribati, Guiné e Costa do Marfim admitiram receber dinheiro do governo japonês para se posicionar a favor da caça comercial de baleias. Até prostitutas seriam pagas pelo governo japonês.

Repórteres do jornal se passaram por representantes de um bilionário suíço entusiasta da causa ambiental. Eles abordaram os representantes desses pequenos países e ofereceram dinheiro para que eles mudassem de posição. Durante as negociações, eles revelaram o apoio financeiro japonês.

O representante de Guiné disse que Tóquio oferece um “mínimo” de US$ 1.000 por dia para que ele gaste com o que quiser durante os encontros da Comissão Internacional da Baleia (a CIB) e outros eventos similares. O representante das ilhas Marshall disse: “Nós apoiamos o Japão por causa do que eles nos dão”.

Já o representante da Tanzânia na CIB disse que “boas garotas” estavam disponíveis para os negociadores desses países durante viagens com tudo pago para o Japão. O governo japonês nega.

No fim de junho, representantes do mundo inteiro vão se encontrar em Marrocos para uma nova reunião da CIB. Lá, será discutida a proposta do chileno Cristián Maquieira, presidente da comissão, que prevê que a captura de baleias seja liberada por dez anos e estabelece uma quota de captura global de algumas centenas de exemplares por ano.

O Japão ganharia uma quota de 400 baleias minke ao ano na Antártida, que se reduziria a 200 após cinco anos. Hoje, o oceano Austral é oficialmente um santuário de baleias, mas o Japão se permite caçar 900 animais ao ano ali.

FONTE: FOLHA.COM

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

SEA SHEPHERD NA PADI DIVE FESTIVAL 2010 – SP – CAPITAL

SEXTA 11/06, SÁBADO 12/06 E DOMINGO 13/06, a SEA SHEPHERD BRASIL estará na PADI DIVE FESTIVAL

Local:
Centro de Convenções do Centro Universitário do SENAC SANTO AMARO
Av. Eng. Eusébio Estevaux, 823
São Paulo – SP
HORÁRIO: 09:00HS – 18:00HS

O QUE ROLA:
-Palestras (Grátis)
-Cursos (Pagos)
-Mostra fotográfica da Campanha WALTZING MATILDA
-Sorteios de Brindes
-MERGULHOS GRATUITOS (LEVE SUA ROUPA DE BANHO)
-Oficina de Pintura com o Embaixador do Mar da Sea Shepherd Brasil ERICK WILSON

EVENTO GRATUITO

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14

Petrobras controla vazamento de óleo na Bacia de Campos

A Petrobras informa que identificou, em 7/6, por volta das 6h20, um vazamento de cerca de 1.500 litros de óleo próximo à plataforma de processamento P-47, no campo de Marlim, na Bacia de Campos, a aproximadamente 160 km da costa de Macaé. O vazamento, já controlado pela companhia, foi proveniente de um mangote que iria permitir a transferência de óleo da Plataforma P-47 para o navio aliviador Cap Jean. A operação de transferência ainda não havia iniciado quando o óleo vazou.

Assim que constatou a ocorrência, a Petrobras acionou o Plano de Emergência para assegurar a máxima proteção às pessoas e ao meio ambiente. Foram mobilizados um helicóptero e quatro embarcações especializadas em recolhimento de óleo. O vazamento foi imediatamente controlado, sem danos às pessoas e às instalações. O Plano de Emergência foi desmobilizado após sobrevoo na área, às 14h, em que foi constatado que não havia mais vestígios de óleo no mar.

A companhia abriu sindicância para apurar as causas da ocorrência. A Petrobras já notificou oficialmente a Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), a Marinha e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

P47

A Petrobras informa ainda que a P-47 não é uma plataforma de produção de petróleo. Sua função é receber, tratar e armazenar o óleo produzido por algumas plataformas da Bacia de Campos. A ocorrência não afetou a produção de petróleo naquela bacia.

FONTE: AGÊNCIA PETROBRÁS DE NOTÍCIAS

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14

Obama cancela viagem à Indonésia para inspecionar vazamento

BP colocou espécie de tampa sobre oleoduto submarino, na última tentativa de conter o vazamento.

O presidente americano, Barack Obama, cancelou pela segunda vez uma viagem a Indonésia e Austrália em meio à crescente preocupação com o vazamento de petróleo na plataforma operada pela BP no Golfo do México, iniciado há mais de seis semanas.

Obama deverá visitar a região nesta sexta-feira, 04, pela terceira vez desde o início da crise para avaliar os estragos causados pelo óleo.

Em entrevista à rede de TV americana CNN na quinta-feira à noite, o presidente afirmou que está “furioso” com a BP. A Casa Branca enviou uma conta de US$ 69 milhões para a empresa, para cobrir parte dos custos com a limpeza.

A BP afirmou que até agora os prejuízos com o vazamento já somam US$ 990 milhões.

gulf_CharlieRiedel600

Óleo que vaza na costa da Louisiana afeta a vida marinha no Golfo do México

Progressos

A petroleira afirmou ter feito progressos ao colocar uma espécie de tampa sobre um poço, na tentativa de desviar parte do vazamento para navios na superfície.

Imagens gravadas em vídeo mostram a tampa sendo colocada contra a pressão provocada pelo vazamento de petróleo e gás. Mas, segundo os engenheiros da empresa, poderão ser necessárias até 24 horas para avaliar se a tentativa gerou resultados.

O oleoduto fica a 1,5 km de profundidade, no fundo do mar, e a pressão da água torna a operação bastante difícil.

Segundo a Guarda Costeira americana, a tampa seria uma solução parcial e temporária.

As ações da BP subiram 4% na manhã desta sexta-feira nas bolsas europeias.

O principal executivo da BP, Tony Hayward, vai se reunir com acionistas nesta sexta-feira e estará disponível no site da empresa às 10h00, no horário de Brasília.

A petroleira afirmou que não espera conter totalmente o vazamento até agosto, quando será completada a construção de dois outros poços próximos ao local do vazamento para tentar aliviar a pressão.

Na primeira fase desta última tentativa de conter o vazamento, um robô-submarino cortou o oleoduto danificado com uma espécie de tesoura gigante.

A tampa em formato de funil foi colocada sobre o oleoduto e, se o procedimento for bem-sucedido, ela deveria melhorar a coleta do óleo e a BP poderia estocá-lo em um navio na superfície.

Hayward admitu que a técnica nunca foi tentada antes, e que há muitos desafios pela frente.

O vazamento no Golfo do México começou no último dia 20 de abril, quando a plataforma Deepwater Horizon, operada pela BP, explodiu, causando a morte de 11 trabalhadores.

FONTE: ESTADO DE SÃO PAULO

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14

Nova estratégia começa a capturar óleo, que já atinge praia da Flórida

da Reuters

A empresa petrolífera BP começou finalmente a capturar parte do petróleo que vaza há 46 dias de um poço no golfo do México, após instalar com sucesso um domo de contenção no local, a 1.500 metros de profundidade.

A vitória parcial contra o pior derramamento de óleo da história dos EUA foi anunciada na manhã desta sexta-feira, ao mesmo tempo em que bolas de piche começaram a chegar à praia de Pensacola, no litoral da Flórida, lotada de tusistas.

O presidente Barack Obama cancelou viagens que faria à Austrália e à Indonésia, e se preparava nesta sexta-feira para sua terceira visita à região atingida, para manter a pressão sobre a petrolífera britânica e ouvir moradores afetados pelo desastre.

A Guarda Costeira dos EUA disse que o domo de contenção colocado na saída do poço acidentado estava coletando cerca de mil barris de petróleo por dia, de um total estimado de 19 mil. Várias outras tentativas de conter o vazamento haviam fracassado, e uma solução definitiva só deve ocorrer em agosto.

O chefe de operações da BP, Doug Suttles, afirmou ontem que a estratégia “deve funcionar” e capturar até 90% do óleo do poço. Mas o chefe da Guarda Costeira, Thad Allen, advertiu contra o “excesso de otimismo” e prometeu para o final do dia uma estimativa mais precisa da quantidade de óleo efetivamente capturada.

FONTE: FOLHA.COM

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14

WordPress Themes