Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Vazamento se agrava e já lança 5 mil barris por dia no Golfo do México

FONTE: BBC BRASIL

A Guarda Costeira dos Estados Unidos disse que a quantidade de petróleo que vaza de uma plataforma de petróleo no Golfo do México que afundou na semana passada é cinco vezes maior do que se pensava.

A contra-almirante Mary Landry, da Guarda Costeira, disse que o equivalente a 5 mil barris de petróleo estão vazando no mar a 80 quilômetros da costa do Estado americano da Louisiana.

Segundo Landry, técnicos da agência americana para Oceanos e Atmosfera (Noaa, na sigla em inglês) revisaram para cima a estimativa do tamanho do vazamento baseados em fotos aéreas, estudo da trajetória da mancha e condições climáticas locais, entre outros fatores.

“Não se trata de uma ciência exata quando estimamos a quantidade de petróleo. Mas a Noaa está me dizendo agora que preferem usar (o dado de) pelo menos 5 mil barris por dia”, disse Landry em Nova Orleans.

Mais cedo, uma equipe da Guarda Costeira ateou fogo a parte da mancha de petróleo, em uma tentativa de salvar o frágil ecossistema de manguezais da Louisiana. O Estado abriga cerca de 40% dos pântanos e mangues americanos e é o habitat de inúmeras espécies de peixes e aves.

A queima controlada da mancha foi feita em uma área cerca de 50 quilômetros a leste do delta do rio Mississippi, de acordo com as autoridades.

Mas a mancha pode acabar chegando na costa sexta-feira à noite por causa de uma mudança na direção dos ventos, de acordo com meteorologistas.

Landry advertiu na terça-feira que o trabalho para tapar o poço de onde o petróleo está vazando pode levar meses. A operação está sendo feita com submarinos robôs.

Obama
O presidente americano, Barack Obama, foi informado da evolução do caso, e o governo ofereceu a ajuda do Departamento de Defesa para conter a mancha, disse Landry.

O governador da Louisiana, Bobby Jindal, pediu ajuda de emergência do governo federal.
“Nossa principal prioridade é proteger os nossos cidadãos e o meio ambiente. Estes recursos são críticos para mitigar o impacto da mancha de petróleo em nossa costa”, afirmou em nota oficial.

A mancha cobre uma área de cerca de 74,1 mil quilômetros quadrados.
A plataforma Deepwater Horizon, da empresa British Petroleum (BP), explodiu na terça-feira passada e afundou na quinta-feira, depois de ficar dois dias em chamas.

Onze trabalhadores estão desaparecidos – supostamente mortos – depois do desastre, que está sendo considerado o mais grave do tipo em quase uma década.

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Lançamento do livro Earthforce de Paul Watson hoje em Porto Alegre e bate Papo com Daniel Vairo

Bate-papo com Daniel Vairo

Lançamento do livro Earthforce: um guia de estratégia para o Guerreiro da Terra. Bate Papo com Daniel Vairo.

Evento Gratuito, dia 28 de abril as 19 horas.

Café Bonobo
Rua Castro Alves, 101, na esquina com a Rua Felipe Camarão, Bom Fim, Porto Alegre, RS.

*Daniel Vairo é cofundador e Diretor Geral Voluntário do Instituto Sea Shepherd Brasil (Instituto Guardiões do Mar).

*Paul Watson e fundador e Presidente da Sea Shepherd Conservation Society e cofundador da Fundação Greenpeace e Greenpeace International.

*A Sea Shepherd Conservation Society foi fundada em 1977 nos Estados Unidos, é atualmente e considerada a ONG de proteção dos mares mais ativista do mundo com a participação efetiva de milhares de voluntários em todo o planeta.

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Entrevista com Paul Watson

Por Barbara Veiga
A bordo do STEVE IRWIN

100205_BV_PaulWatson_portrait_5_9651

1)Qual a diferença entre a “Waltzing Matilda” e as outras campanhas realizadas na Antártica? Você acredita que essa foi a campanha melhor sucedida até agora?

Captain Paul Watson: A Waltzing Matilda é a nossa 6˚ campanha até a Antártida e eu acredito que tenha sido a campanha mais eficaz porque nós tivemos mais recursos e com estes fazer mais atividades. Eu acredito sim que essa campanha foi a mais bem sucedida, mas é importante também olhar para as outras campanhas em termos de “efeito coletivo”. Cada uma delas foi importante e passou por um processo. Cada campanha é uma pressão contínua na caça japonesa. Nós tivemos dois navios na “Operation Leviathan”, mas na “Waltzing Matilda” nós tivemos três navios e melhores equipamentos.

2)Para você foi um grande choque perder o Ady Gil na colisão com o navio Shonan Maru II? Você tem algum plano para um novo trimarã na próxima campanha?

Captain Paul Watson: Bem, eu não diria que foi um choque, mas uma perda grande. E sobre repôr, bem… ainda custa mais de um milhão de dólares e não temos suficientes recursos até agora.

3) Qual sua opinião sobre a Comissão Baleeira internacional? Você acredita que seja mesmo eficiente?

Captain Paul Watson: A Comissão Baleeira começou em 1946 com o intuito de terminar com a indústria baleeira, então nunca foi realmente eficiente. Há muito gasto de tempo, energia e dinheiro para colocar regulamentos impressos e os baleeiros continuam com suas ações desrespeitando esses regulamentos.

4) Que tipo de resposta política poderia ter cada governo de cada nação para impedir a caça baleeira?

Captain Paul Watson: O que os países que participam e assinam a Comissão baleeira referente ao tratado da Antártica deveriam fazer seria defender a leis de conservação, ordenando o Japão para cessar ou invocar suas sanções econômicas nas suas atividades ilegais. E eles tem poder para fazê-lo. A Comissão internacional baleeira estipula como isso pode ser feito, mas existe uma falta de atitude política e econômica para colocar isso em prática.

5)Quais espécies de baleia estão sendo ameaçadas de extinção na Antártica?

Captain Paul Watson: Eu acredito que todas as espécies de baleias estão se deparando com a extinção no momento, mesmo os peixes estão passando por um sério momento de risco de extinção. Os oceanos tem sido sistematicamente destruídos. E se os oceanos morrerem, nós estamos nos deparando com a extinção. Então eu não entendo como pessoas acreditam que a perda da vida nos oceanos não afetará nossa vida em terra.

100210_BV_CaptainPaulWatsonlooktoNisshinMaruwithhisbinoculars_1572

6)Qual a diferença entre a Sea Shepherd e outras Organizações ambientais, como por exemplo o Greenpeace?

Captain Paul Watson: Não existe nenhuma outra organização que faz o que nós fazemos. Nós não protestamos, nós somos uma organização que intervem a matança. O que fazemos é impor a lei da conservação marinha e em 33 anos os membros da Sea Shepherd nunca sofreram nenhum acidente, nunca foram condenados a um crime. Greenpeace é uma organização que protesta problemas do meio ambiente.

7)Como você vê a Sea Shepherd em 10 anos?

Captain Paul Watson: Fica difícil imaginar como o mundo vai estar em 10 ou 15 anos com toda pesca comercial e há um grande potencial de colapso em 10 anos, então fica difícil dizer a posição da Organização nesse tempo, é realmente imprevisível. São tantos fatos que mudam nossa realidade constantemente e tão rapidamente. Agora mesmo, por exemplo não existem mais “ice packs” no Canadá e essa foi a primeira vez que foi observado em anos. Então como as coisas estão mudando muito rapidamente fica difícil responder.

8)O Steve Irwin está indo para o Mediterrâneo no verão de 2010. Qual será a próxima campanha?

Captain Paul Watson: A próxima campanha será defender o atum contra a indústria pesqueira no Mediterrâneo que fornece o peixe para o mercado japonês. Haverá nesse mês um encontro para discutir o assunto e já está designado que o atum com barbatana azul está em perigo de extinção e o mercado japonês já colocou que vai ignorar esse dado.

9)Quais são os países que colaboram com a extinção do atum de barbatana azul?

Captain Paul Watson: A caça ilegal do atum vem dos países: Espanha, França, Itália, Malta, Líbia, Tunísia, etc…

10)Qual a importância do programa “Whale Wars” para a Organização?

Captain Paul Watson: O programa “Whale Wars” ajuda em termos de visibilidade e suporte mundial, trazendo mais recursos tornando nossa Organização mais eficiente.

11)Qual foi o momento mais estressante da Organização em 33 anos? E o momento mais recompensador?

Captain Paul Watson: Eu não consigo pensar em nenhum momento estressante durante esses anos, mas um momento recompensador…bem, ter impedido a caça baleeira esses anos… desde 1979. Nós tivemos tantas vitórias diferentes ao longo dos anos, que fica difícil dizer qual foi a mais importante de todas.

12)Qual mensagem você deixaria para os ativistas da Sea Shepherd Brasil?

Captain Paul Watson: Eu acho que as pessoas realmente precisam entender a importância e a ligação que existe entre os oceanos e a nossa sobrevivência em terra. Se os oceanos morrerem, nós morreremos. Não importa se as pessoas morem no topo de uma montanha ou no meio do deserto, ainda continuaremos conectados aos oceanos.

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Entrevista com Shannon Mann

Por Barbara Veiga
A bordo do STEVE IRWIN

100208_BV_ShannonMannplotingthepositiononthechartandlogbook_0882

1) Quando começou seu interesse pela Sea Shepherd? Aconteceu antes ou depois dos seus projetos que envolvem direitos animais?

Shannon Mann: Na verdade eu tomei conhecimento da Sea Shepherd durante uma conferência de direitos animais entre 2004 e 2005, quando foi a primeira vez que vi o Paul Watson falar. Então assim que Paul terminou seu discurso nessa conferência e eu soube que o navio da organização estaria indo em direção a Antártida, eu entrei no site da ONG, preenchi o formulário e esperei pela oportunidade de fazer parte da campanha. Eu comecei a ser voluntária quase imediatamente depois de ter enviado meu formulário.

2) Por quanto tempo você está navegando com a Sea Shepherd? Existe alguma campanha que você prefira? A Waltzing Matilda atingiu suas expectativas?

Shannon Mann: A minha primeira campanha com a Sea Shepherd foi na Antártida (2006-2007) e desde que comecei, eu estive envolvida com todas as seguintes. Isso quer dizer que a Waltzing Matilda foi minha quarta campanha, mas eu também fiz parte da campanha de Galápagos e a campanha de focas no Canadá.
Pessoalmente, considero a Waltzing Matilda a melhor campanha em que eu já voluntariei devido ao todo profissionalismo envolvido para fazer a campanha funcionar e especialmente por termos batido o recorde de 15 dias atrás dos baleeiros, mais especificamente o navio Nisshin Maru – o que naturalmente salvou a vida de muitas baleias.
É interessante a cada ano que passa, comparar nas campanhas o número que nós previnimos na cota japonesa com as últimas missões da Sea Shepherd. O fato desse ano termos ficado mais perto do que todos os outros anos dos navios japoneses na maioria do tempo, fez naturalmente toda diferença para os oceanos. Considerando esses fatores, posso dizer que a Waltzing Matilda foi a minha campanha preferida, junto a campanha das focas no Canadá, outra campanha também muito bem sucedida.

3) O que poderia ser feito para melhorar a próxima campanha caso a Sea Shepherd volte com uma nova missão na Antártica?

Shannon Mann: Eu acho que a única diferença que nós poderíamos fazer nas próximas campanhas seria ter um navio mais rápido para manter a mesma velocidade ou maior que os navios baleeiros. Esse agora é o nosso único impencilho para fazer ainda maior pressão na frota japonesa.
Mas eu queria adicionar o fato de que o Bob Barker nos deu esse ano extremo suporte para ter feito a Waltzing Matilda com mais um navio, então acredito que com o que tivemos esse ano na Waltzing Matilda já pode ser considerado um grande sucesso.

4) Quando você começou sua dieta vegana e ter a consciência da importância de manter esse hábito em nome da vida dos animais e do meio ambiente?

Shannon Mann: Eu me tornei vegetariana desde adolescente, mas eu nunca realmente me interessei em comer animais mortos. Acabei me tornando vegana um ano antes de embarcar nos navios da Sea Shepherd, ou seja, cinco anos atrás. Isso se deu porque para mim, ser vegatariana sempre foi uma solução na perspectiva da vida dos animais os quais eu estava lutando como ativista. Eu não quero tirar a vida desses animais quando eu na verdade não preciso fazê-lo uma vez que tem tantas outras opções para serem colocadas no meu cardápio.
Quando eu finalmente comecei a consumir apenas alimentos veganos, eu pude sentir e aprender ainda mais sobre as conseqüências de comer produtosque não fossem veganos. Desde então, eu decidi reduzir e selecionar melhor minhas escolhas para colaborar com um planeta melhor. Eu realmente acredito que ter uma dieta vegana é definitivamente a forma mais eficaz de ajudar nesse sentido.

5) O que você faz quando não está navegando nos navios da organização?

Shannon Mann: Eu normalmente continuo voluntariando para a Sea Shepherd junto com outros dois ativistas, buscando arrecadar fundos para a organização seguir adiante em diferentes campanhas. Mas é algo que estava fazendo antes dessa campanha, onde estavamos precisando de muito trabalho para conseguir esses recursos. Hoje em dia a Sea Shepherd já possui uma boa equipe que está fazendo um ótimo trabalho.

6) Você está envolvida em algum projeto que envolva direitos animais no momento?

Shannon Mann: Eu comecei em 2006 no Canadá uma caridade baseada em ativismo que acabei deixando um pouco de lado assim que eu comecei a estar ativa na Sea Shepherd, mas sem dúvida assim que eu tiver a chance de voltar ao Canadá vai ser um projeto para retomar.

7) Alguma mensagem a ser deixada para os ativistas da Sea Shepherd no Brasil?

Shannon Mann: Eu adoraria poder visitar esse incrível país e conhecer todo mundo da Sea Shepherd Brasil. Em todas as partes que eu vou, encontro pessoas da Sea Shepherd. Essa é uma boa família que acabei construindo ao longo desses anos de dedicação e todos estão determinados a salvar os oceanos, então… não poderia ser melhor!

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Entrevista com Erwin Vermeulen

Por Barbara Veiga
A bordo do STEVE IRWIN

100222_BV_ErwinVermeulenatwork_2_9768

Erwin Vermeulen é holandês e está trabalhando com a Sea Shepherd na sala de máquinas como engenheiro-chefe desde agosto de 2009.

1) Antes de estar trabalhando nos navios da Sea Shepherd, você passou vinte anos trabalhando em navios comerciais, certo? Qual é a grande diferença agora de estar trabalhando para uma organização ambientalista?

Erwin Vermeulen: Em navios comerciais você sente como um trabalho com todas as regras, e eu uso agora todo conhecimento do trabalho que realizei todos esses anos na organização. A grande diferença é que aqui todos trabalham juntos, todos estão aqui com um propósito. Todos vem de uma diferente realidade e histórico, mas essas pessoas estão a bordo com o mesmo objetivo. Já nos navios comerciais, todos estão lá pelo trabalho, pela carreira que eles querem construir e é colocada em primeiro lugar.
Nesses últimos meses eu não sinto estar realmente “trabalhando”, eu estou aqui desde agosto de 2009. A verdade é que eu venho sentido que tenho feito a diferença por estar envolvido com a Sea Shepherd, então não considero isso um trabalho. Para mim não importa quanto tempo estou a bordo ou quanto tempo eu passo no mar, estar aqui me faz feliz.

2) E o que basicamente aconteceu com você? Depois de vinte anos, de repente você teve um “click” e decidiu fazer algo pelo planeta? Afinal estar a bordo dos navios comerciais e passar a trabalhar para Sea Shepherd são realidades tão distintas…

Erwin Vermeulen: Eu me separei da minha namorada ano passado e nesse momento eu senti que era o momento certo para algumas mudanças no meu trabalho e na minha vida. O trabalho em navios comerciais era basicamente entre um porto e outro, enquanto Sea Shepherd além de ser um melhor ambiente de trabalho, estamos sempre em lugares melhores e em condições mais interessantes.

3) Essa foi sua primeira campanha da Sea Shepherd na Antártica. Como você se sente depois dessa experiência?

Erwin Vermeulen: Paul tem sido entrevistado desde que começou suas expedições em proteção às baleias na Antártida e ele afirmou recentemente que a “Waltzing Matilda” sem dúvida alguma foi a campanha mais eficiente de todas já realizadas pela Sea Shepherd. Definitavamente foi para a Organização o tempo recorde atrás dos baleeiros, eu diria o Nisshin Maru. O tempo que eles perderam sem caçar baleias foi incrível e naturalmente eles perderam bastante dinheiro com isso esse ano. Até mesmo ouvi dizer de um porta voz japonês que eles não estão mais interessados em caçar baleias, mas sim manter os membros da Sea Shepherd “ocupados”. O que para mim quer dizer que o mundo está de cabeça para baixo!

4) E qual a sua posição sobre a caça baleeira? Você sempre se preocupou com a possível extinção de espécies ou essa conscientização acabou vindo no tempo de trabalho com a Sea Shepherd?

Erwin Vermeulen: Eu pessoalmente sempre estive interessado em animais marinhos, mesmo durante meu trabalho nos navios anteriores e minhas viagens. Eu sempre adorei olhar a beleza da natureza, como por exemplo assistir golfinhos surfando bem na proa do navio ou ver o sopro de uma baleia “humpback”, então é praticamente impossível não admirar e amar todos esses animais quando você os vê em seu habitat.

5) O que você sente falta do “mundo exterior” ou da civilização, já que você passa a maior parte do tempo embarcado?

Erwin Vermeulen: Eu já estou habituado com a vida no mar, mas as pequenas coisas que eu gosto de fazer quando eu chego em “terra” é fumar um cigarro, tomar uma cerveja e caminhar mais de sessenta metros para cima e para baixo.

6) O que você acha que poderia ser melhorado na Sea Shepherd para fazer a próxima campanha ainda mais eficiente na Antártica ?

Erwin Vermeulen: Toda campanha depende na rapidez em que poderemos encontrar os baleeiros, o que envolve todos eletrônicos que podem nos dar essas informações. Eu acredito que não há muito que precise ser improvisado ou melhorado para a próxima campanha, mas se nós conseguissemos um outro navio como o Ady Gil, que possa ir bem rápido, poderia fazer a diferença para encontrar os baleeiros e impedir que eles prossigam com suas ações o mais rápido possível. O Nisshin Maru é um navio bem grande, quando o Steve Irwin e o Bob Barker são bem pequenos, então acredito que se tivessemos um navio maior e mais rápido será uma história completamente diferente para a próxima campanha.

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Entrevista com Lawrence Routledge

Por Barbara Veiga
A bordo do STEVE IRWIN

100210_BV_Laurenceroutledgeatwork_1868

1) A princípio você deveria estar a bordo do Ady Gil durante toda campanha da “Waltzing Matilda”, mas depois do choque com o Shonan Maru II os fatos mudaram. Como você se sentiu com a perda do trimarã?

Laurence Routledge: Perder o Ady Gil não estava nos planos, definitivamente. Eu coloquei muito trabalho e esforço nesse barco para deixá-lo em condições perfeitas para navegar até a Antártica em segurança, assim como toda tripulação envolvida. Portanto eu fiquei bastante desapontado com a perda.

2) Eu percebi que você é um homem com muitas habilidades. Você foi rápido e ágil dirigindo o jet ski quando foi levar o Peter Bethune ao Shonan Maru II, você usou a “potato gun” para lançar tinta vermelha no sinal “research”(pesquisa) do Nisshin Maru, também você é talentoso em fazer arte com metal e ainda fotografa muito bem.
Você precisou de algum treinamento especial para fazer parte da equipe do Ady Gil?

Laurence Routledge: Eu sou um especialista em mecânica com diesel, além de já ter navegado bastante no passado. Eu sou médico, posso soldar bem, eu posso costurar e cozinhar… um pouco de tudo.(Risos) Eu tenho apenas algumas habilidades que acabaram sendo úteis para estar a bordo do Ady Gil.

3) E como foi a experiência de estar navegando em um trimarã tão pequeno com seis pessoas?

Laurence Routledge: É verdade que é um barco muito pequeno. Nós tínhamos que fazer revezamento para dormir porque só haviam quatro camas. Então duas pessoas ficam acordadas todo tempo, quando as outras quatro tem a chance de dormir. Durante o dia, quase todos ficam acordados o que me deixou aliviado quando houve a colisão com o Shonan Maru II em termos de segurança.

4) Qual foi o momento mais marcante navegando no Ady Gil?

Laurence Routledge: Na Nova Zelândia, quando colocamos o Ady Gil na água pela primeira vez para navegar. Nesse dia tivemos ondas de seis metros, o que foi bem animado e desafiador para uma primeira viagem no trimarã. E foi ao mesmo tempo emocionante, depois de passar tantas horas trabalhando na oficina e finalmente poder colocar o barco na água.

5) Naturalmente os tripulantes do Ady Gil tiveram que pensar em diferentes estratégias e novos planos, no decorrer da campanha. Como você administrou certas mudanças?

Laurence Routledge: Eu sofri uma queda e tive algumas costelas fraturadas em Hobart, na Austrália, então eu precisei ficar ausente da campanha temporareamente para me recuperar e eu não pude seguir até a Antártica com o Ady Gil. Ao me recuperar, embarquei no Steve Irwin para seguir viagem ao encontro do Ady Gil, mas infelizmente não foi possível decorrente a colisão e perda do trimarã.
Depois que o Bob Barker se uniu por um dia com o Steve Irwin na Ilha de Kerguelen, reencontrei o Peter Bethune e conseguimos planejar juntos algumas ações durante seu tempo a bordo conosco e acredito que essas ações foram muito bem sucedidas. Diante de todas essas circunstâncias, nós tivemos mesmo que mudar algumas estratégias no decorrer da campanha, mas finalmente tudo correu da forma que esperavamos.

6) Ao passar a navegar com o Steve Irwin, quais foram suas impressões?

Laurence Routledge: Eu acho que o Steve Irwin tem uma equipe excelente e está sendo ótimo fazer parte dessa tripulação. Estou também aprendendo bastante, afinal eu nunca trabalhei com um motor de 2000 cavalos antes.

7) Você poderia descrever como foi a “Operação Bethune”, quando você levou o Peter no jet ski no meio da noite até o Shonan Maru II para que ele entrasse a bordo do navio sem que ninguém percebesse?

Laurence Routledge: A idéia começou quando pensamos em usar algum tripulante do Ady Gil para essa missão, para justamente subir a bordo em um dos navios baleeiros que carregam arpões. Só que ninguém esperava a colisão vinda do Shonan Maru II, muito menos a perda do barco. Depois do ocorrido, pensamos que precisavamos então fazer algo com o navio que liquidou com o Ady Gil e o fez afundar. Então nós decidimos que se o Peter fosse preso e levado ao Japão traria para nós uma grande exposição para o caso internacionalmente, mas especialmente no Japão.
Decidimos usar o jet ski, uma vez que poderíamos fazer todo plano o mais rápido possível. A princípio pensamos em fazer durante o dia, mas dificultaria muito mais a entrada do Peter no navio, então transferimos a operação para ser feita no meio da noite. Claro que essa opção seria mais perigosa,
caso você caia na água no meio da noite, se machucar ou se perder no meio do oceano,etc…
Nós então propomos essa idéia ao Paul, que entendeu bem mas não acreditou que pudesse ser possível de acontecer pelos riscos e dificuldades envolvidas.
Então nós traçamos um plano ainda mais minucioso, onde todos a bordo do Steve Irwin estivessem envolvidos ajudando na preparação do jet ski no meio da noite, sem luzes no convés para não chamar atenção dos baleeiros. Nós tivemos um “camera man” também no jet ski, o que eu diria que não faríamos novamente caso organizemos essa mesma ação um dia, porque três pessoas é muita gente para um jet ski, dificultando manobras e diminuindo a velocidade.
O que ajudou bastante o Peter foi a visão noturna que ele carregava. A minha não foi funcional, porque com o movimento do jet ski eu mal conseguia ver o que estava a minha frente. A primeira tentativa do Peter embarcando no Shonan Maru II não deu certo, porque uma onda passou por nós ele caiu na água(que estava bem fria, pelo menos -2˚C), porém rapidamente ele voltou no jet ski. Na segunda tentativa eu dei uma volta e me aproximei do Shonan Maru II e deu dessa vez deu certo!
Toda operação foi feita com muita precisão e felizmente conseguimos exatamente o que queríamos.

8)E você acredita que essa campanha na Antártida foi bem sucedida?

Laurence Routledge: Sem dúvida! Perseguimos os baleeiros como nunca foi feito anteriormente e no momento certo.

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Caça comercial às baleiras pode continuar por 10 anos

Por Deborah Zabarenko

WASHINGTON (Reuters) – Apesar de haver uma proibição mundial, Japão, Noruega e Islândia poderão continuar com a caça comercial limitada às baleias por mais uma década, segundo uma proposta divulgada na quinta-feira pela Comissão Internacional da Baleia.

De 4 mil a 18 mil baleias poderão ser salvas nos próximos 10 anos se for aceita esta solução de compromisso, que estabelece limites mais baixos para os três países baleeiros do que as quotas autoimpostas que ele possuem.

“Pela primeira vez desde a adoção da moratória à caça comercial, nós teremos limites estritos em todas as operações baleeiras, que os países terão de cumprir,” afirmou em um comunicado o chileno Cristian Maquieira, presidente da comissão.

Haverá um rigoroso monitoramento da caça e nenhum dos outros 88 países integrantes da Comissão terá permissão para começar a iniciar operações baleeiras durante os dez anos do plano.

O delicado meio ambiente dos oceanos ao sul seria designado como um santuário, mas baleeiros do Japão ainda teriam permissão para caçar um certo número de animais nos mares no entorno da Antártida.

Os Estados Unidos disseram que estudariam o plano, mas acrescentaram que se oporiam a qualquer proposta que levantasse o banimento internacional à caça às baleias, que tem sido rotineiramente descumprido por Japão, Noruega e Islândia.

A Comissão Europeia, que coordena a posição da União Europeia na Comissão, informou que estudaria a proposta com os países membros do bloco e tentaria alcançar uma posição comum antes da próxima rodada de conversações, em Junho.

Segundo um comunicado de Monica Medina, funcionária do Departamento de Comércio que representa os EUA na Comissão, a instituição da moratória sobre a caça comercial de baleias, em 1986, teve um pacto positivo, “mas lacunas nessa legislação” permitiram desde essa época a matança de 35 mil baleias.”

(Reportagem adicional de Charlie Dunmore em Bruxelas)

FONTE: O GLOBO

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Obama marca reunião para derrubar a lei que proíbe caça comercial às baleias

Por Stephanie Feldstein
Traduzido por Giovanna Chinellato (ANDA)

“Salve as baleias” tem sido o slogan motivador do movimento ambientalista por décadas, mas no Dia da Terra desse ano, os políticos da Casa Branca reuniram-se com representantes estrangeiros para discutir uma possível queda na lei de banimento da caça às baleias.

Já tem sido um ano difícil para a vida marinha, com tubarões, corais e o atum azul perdendo proteção na Convention on International Trade in Endandered Species of Wild Flora e Fauna. As baleias já são ameaçadas pelas “pesquisas” japonesas, mudanças climáticas, colisões de navios e poluição, a última coisa que precisam é de cotas legais sobre suas vidas.

A maioria dos americanos concorda que a pesca comercial de baleias deve acabar. Até George W. Bush apoiou a proibição. Então o que a administração Obama quer voltando atrás e negociando acordos para vender populações de baleias ameaçadas?

Começou mês passado com conversas sigilosas na Flórida, que levaram a uma reunião de portas fechadas para o Dia da Terra. O Japão mata mais de mil baleias ao ano, alegando ser para pesquisas, mas vende partes dos cetáceos, alegando não serem de importância científica. A Noruega e a Islândia também nunca pararam de matar baleias. A desculpa por trás da queda da lei é que a melhor forma de acabar com as violações é derrubando a lei. É como dizer que pode parar os roubos se deixar a porta aberta.

O acordo que supostamente foi discutido ontem, 22 de abril, permitiria que nações que cacem baleias continuem matando-as se concordarem em serem monitoradas… o que é uma piada. Se a comunidade internacional não pode fazer tais países seguirem uma moratória, como farão com que participem de registro de DNA de baleias e mantenham rastreadores em seus navios? E aqui vem a loucura: depois de dez anos de suposta proibição na caça, esses países poderão voltar a matar baleias a vontade. Conforme Patrick R. Ramage do International Fund for Animal Welfare (IFAW) “é a lista de desejos do baleeiro”.

O encontro no Dia da Terra é um tapa na cara dos ambientalistas e ativistas pelas espécies em risco. Mas a Casa Branca ainda pode ajustar as coisas pedindo um banimento permanente na caça às baleias em vez de revisar a moratória. Durante sua campanha, Obama disse: “Deixar o Japão continuar caçando baleias é inaceitável”.

FONTE: ANDA

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Exposição aberta em Sampa (SP) por Erick Wilson (Embaixador do Mar do ISSB) foi um sucesso!

O vernissage da exposição Além das Ondas, do pintor Erick Wilson, foi realizado na última sexta-feira (16/04) na galeria Alma do Mar, em São Paulo (SP).

Idealizada por Fernando Bari e pelo próprio Erick Wilson, a mostra apresentou telas inspiradas na cultura surf e na vida marinha. Um clima agradável tomou conta do bairro da Vila Madalena.

Entre os convidados estavam a artista plástica Cláudia Simões, os irmãos Ricardo e Ronald Lumbras e os ativistas da Sea Shepherd Brasil.

Os convidados ainda deram um passeio na cultura surf, por meio de objetos coletados por Tito Berolucci em trips para o Hawaii e Califórnia (EUA). Desde pranchas usadas no filme Endless Sumer, coleção de pôsteres históricos, acervo de livros de arte e fotografia, até exposição de esculturas marinhas.

Para finalizar a noite, o site Cabeça Feita Surf Art promoveu com o projeto Amigos do Oceano uma pintura ao vivo com Erick Wilson. O artista relembrou o momento onde começou sua jornada, pintando azulejos no litoral paulista. No final a obra foi sorteada entre os convidados e a vencedora foi nossa ativista e filiada Cristhiane do núcleo regional paulista.

A exposição de arte Além das Ondas vai até o dia 30 de abril na galeria Alma do Mar, localizada à Rua Harmonia, 150, Vila Madalena, São Paulo (SP).

A mostra é aberta ao público das 10 às 19 horas. No dia 24 de abril, o artista faz uma pintura ao vivo de um mural na galeria Alma do Mar, durante todo o dia. Para obter mais informações sobre a exposição, acesse o site Cabeça Feita.

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Comissão Baleeira Internacional pretende votar acordo que propõe legalizar caça comercia de Baleias

RAFAEL GARCIA
REINALDO JOSÉ LOPES
da FOLHA ONLINE

A próxima reunião da Comissão Internacional da Baleia (CIB) vai discutir um acordo que pode legitimar a atividade de países que capturam esses mamíferos marinhos, após 25 anos de moratória à caça comercial. Articulada pelos EUA e pela presidência da entidade, a proposta tem como alvo o Japão, nação que mais mata esses cetáceos hoje, mas alega fazê-lo com fim científico. A intenção é dar uma cota oficial de caça aos japoneses, os quais, em troca, aceitariam reduzir o número de animais mortos e se abririam à fiscalização.

“Como resultado disso, vários milhares de baleias a menos seriam mortos no período do acordo”, disse ontem em comunicado o presidente da CIB, o chileno Cristián Maquieira, que defende uma vigência inicial de dez anos para as regras.

A proposta lançada mantém só oficialmente a moratória, mas dá à CIB o poder limitar a cota de caça de todos os países. A fiscalização seria feita com amostras de DNA para rastrear o destino da carne dos animais, e aborígenes continuariam podendo caçar para subsistência.

O pré-acordo, por enquanto, foi discutido só a portas fechadas por um grupo de 12 países, que inclui o Brasil, sem consenso. O debate aberto só vai ocorrer no próximo encontro dos 88 países da CIB, que começa dia 30 de maio em Marrocos.

Apesar de, na prática, permitir uma redução real no número de baleias mortas, a mera sugestão abrir margem legal à caça comercial tem recebido críticas pesadas de ambientalistas. “A proposta de acordo é muito ruim”, diz José Truda Jr., que participa de um grupo de ONGs latinoamericanas que critica Maquieira. “Não é hora de recompensar o Japão institucionalizando suas capturas.”

O governo do Brasil ainda não tem uma posição sobre a proposta, e deve assumi-la só depois da discussão com outros países da América Latina, que votam em bloco para ganhar peso diplomático na CIB.

“Vamos ver o que é possível ter de entendimento, mas o Brasil é muito claramente a favor da moratória e contra a caça no santuário [do oceano Austral]“, diz Fábio Pitaluga, representante do país na comissão.

Hoje, o Japão anuncia unilateralmente sua cota anual de caça “científica”, que supera mil baleias, a maioria delas da espécie minke do oceano Austral. A carne desses animais, porém, é vendida sem restrição em território japonês. Os outros países que praticam caça industrial são Noruega e Islândia, mas nenhum dos dois assinou a moratória de 1986.

Não está claro, porém, qual preço os países conservacionistas estão dispostos a pagar para aceitar endossar a caça japonesa. A agência de notícias Kyodo noticia que o Japão proporá reduzir sua cota máxima de baleias-minkes do oceano Austral de 935 a 440. Neste ano, o país saiu com o objetivo de arpoar pelo menos 765 animais, mas só conseguiu atingir 507, por causa das ações da ONG ambientalista Sea Shepherd.

É difícil saber quantos animais precisariam ser salvos para manter a população num nível seguro. Segundo Alexandre Zerbini, biólogo do comitê científico da CIB, o número de baleias-minkes no oceano Austral foi estimado em 700 mil no início da década de 1990, mas caiu para 300 mil nos anos 2000. Não está claro se foi pela caça. “Qualquer coisa que você puder fazer para diminuir a captura é bom”, diz Zerbini sobre a tentativa de acordo.

N.E. – O ISSB tambem critica o senhor Maquieira por manter e promover este tipo de política.

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14

WordPress Themes