Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

É o barco mais moderno e rápido do mundo. É NOSSO !!!

Os Australianos, quando vão a guerra, entoam uma espécie de Hino Popular chamado Waltzting Matilda.
Waltzing Matilda é uma musica que fala dos andarilhos colonizadores que andavam com os sacos de dormir nas costas.
Sua letra foi escrita em 1895 pelo poeta Banjo Paterson

Em referência a isto o nome da Operação 2009/2010 `Antátida, para defender as baleias dos caçadores japoneses, leva o nome do famoso hino. Porque é exatamente isso que fazem os voluntários da SS todos os anos nas águas geladas da Antártida: levando apenas suas roupas e vestindos de determinação e coragem.

Mas apesar do sacrifício pessoal que esta operação exige anualmente dos valorosos voluntários da Sea Shepherd, este ano eles contarão com uma “Arma” de primeira geração.
Uma embarcação de linhas futuristas tem estruturas feitas de um composto de cânhamo, é pintado com tinta sem metais pesados e tem colchões fabricados a partir de óleo de canola.

Foi projetado para superar todas as condições do mar: submergindo nas ondas maiores, sem perder velocidade. Sua aerodinâmica foi toda projetada para que os ventos contrários não atrapalhem sua navegação, e que os ventos favoráveis sejam totalmente aproveitados. Como combustível, usa o biodiesel. Tem 24 metros de comprimento e pesa 23 toneladas quando cheio de combustível, o Earthrace pode navegar com uma tripulação de apenas quatro pessoas. Já foi testado em ondas de mais de 12 metros com ventos de 40 nós e bateu o recorde de circum-navegação em 60 dias, 23 horas e 49 minutos. Com essas qualidades e sua grande velocidade, torna-se um instrumento perfeito para interpor-se entre as baleias e os arpões dos navios japoneses.

earthrace small 1

Quem acompanhou a missão do ano passado (Musashi) aqui no nosso blog, ou assistiu a série “Defensores de Baleias” sabe da importância de ter um barco seguro e ágil para as difíceis manobras de seguir e interpelar os navios japoneses.

O novo companheiro do Steve Irwin será pintado de preto(cor da SS) e tornará a vida dos voluntários mais segura e suas ações mais eficientes.

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Capacitação de voluntários em SC é um sucesso!

3679048976 2e421e29ea
Dra. Cíntia Schmidt

3678233515 a78de9b19a
Dr. Cristiano Pacheco

Nos dias 27 e 28 de junho, foram realizadas as Oficinas de Capacitação do Instituto Sea Shepherd Brasil, na sede do Parque Municipal Lagoa do Peri na Cidade de Florianópolis/SC

Após um mês de preparação, a equipe de Santa Catarina conseguiu garantir espaço e toda infra-estrutura necessária para que os participantes pudessem tirar o máximo de proveito das Oficinas.

No dia 27 foi realizado a oficina de “Ações Civis Públicas em Defesa dos Ecossistemas Marinhos”, ministrados pela Dra. Cíntia Schmidt (Diretora Administrativa ISSB) e o Dr. Cristiano Pacheco (Diretor Jurídico ISSB).

A Oficina teve entre os participantes, estudantes de direito, advogados e funcionários públicos de órgão ambientais.

No dia 28 foi realizado o primeiro módulo da oficina de “ Ações para salvar animais marinhos em derrames de petróleo”, ministrado pelo Biólogo Wendell Estol (Diretor Técnico ISSB).

A Oficina, que teve quase lotação máxima, contou com a participação de profissionais e estudantes de várias áreas. Vieram pessoas do Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo e Minas Gerais.

Queria destacar, no curso de salvamento de animais marinhos, uma moça (desculpe n recordar o nome) de São Paulo que saiu de lá à noite, chegou sozinha ao local e foi embora ao final do curso… um bate volta… e ainda molhou o tênis (que só havia trazido um) numa demonstração suprema de empenho ao salvamento de um golfinho.

Enfim, os cursos foram um sucesso e abriram novos contatos com voluntários interessados em apoiar a missão da Sea Shepherd.

3678238401 b5458cb469
Equipe SC

Mais uma vez a equipe de SC está de parabéns pela dedicação na organização do evento: Aline, Ana, Jackson, Marina, Michele e agora a Dr. Letícia, a mais nova voluntária na nossa equipe.

E vamos pra próxima.

Hugo S. Malagoli
Coordenador Regional Voluntário – SC
Instituto Sea Shepherd Brasil

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14


Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Warning: strtotime() [function.strtotime]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 35

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/storage/7/5b/77/seashepherd/public_html/blog/wp-includes/functions.php on line 43

Sea Shepherd anuncia novo projeto Antártico de Pesquisa

wm

harpoon

Sea Shepherd lança sua 6ª Campanha em Defesa das Baleias: Operação Waltzting Matilda

24 de junho, 2009 – Funchal, Madeira, Portugal – A Sea Shepherd Conservation Society anunciou oficialmente a Operação Waltzing Matilda– a 6ª campanha da Sea Shepherd para defender as baleias no Santuário de Baleias do Oceano Meridional dos baleeiros japoneses ilegais.

Aproximadamente 30 integrantes da mídia assistiram a coletiva de imprensa apesar do gerente do hotel insistir que a reunião deveria tomar o mínimo de atenção o possível e nos conteve na parte de trás do salão de entrada escondidos ao lado do bar.

“Este é um projeto de pesquisa,” disse Capitão Paul Watson. “Nós decidimos demonstrar nossa solidariedade aos projetos de pesquisa do Japão, Austrália e Nova Zelândia. Nosso objetivo principal é pesquisar meios não letais de defender baleias. Claro que isto pode incluir pesquisa da estrutura de navios japoneses, como a densidade de suas chapas, ou análise da pintura do casco, assim como a observação do comportamento de baleeiros ao estímulo de seus sensores olfatórios.”

Para ilustrar o tema de pesquisa da campanha da Sea Shepherd, os diretores Laurens de Groot da Holanda e Steve Roest do Reino Unido se vestiram de barcos infláveis marcados com a palavra “pesquisa” e se armaram com arpões de isopor para perseguir os delegados da CIB. Na tentativa de adquirir “amostra de tecido” dos delegados para propósitos cientificos, eles tiveram dificuldade em achar os enganosos japoneses. Porém, o ministro de maio ambiente australiano Peter Garrett tropeçou por ingenuidade no caminho dos arpões e porque a Austrália está votando para apoiar a morte de jubartes na Groelândia, ele foi considerado um alvo legítimo.

A Sea Shepherd Conservation Society estará retornando ao Oceano Meridional em dezembro para a 6ª Campanha Antártica em Defesa das Baleias. A Sea Shepherd este ano estará enviando dois navios ao Oceano Meridional, o melhorado e completamente renovado Steve Irwin e potencialmente a embarcação veloz conhecida como a Earthrace.

A bordo teremos uma tripulação de filmagem do Animal Planet para documentar a 3ª temporada de Whale Wars – Defensores de Baleias.

“Nós estamos levando a arma de anti-baleeira mais poderosa a nossa disposição: uma tripulação de filmagem,” disse Laurens de Groot, diretor da Sea Shepherd na Holanda. “As máquinas fotográficas são mais poderosas que canhões e nossa munição é a verdade desnuda sobre a caça ilegal de baleias. Nós pretendemos manter o enfoque no crime dos japoneses e pretendemos afundar a frota baleeira japonesa–economicamente.”

Uma tripulação internacional de voluntários tripularão os navios ao Oceano Antártico mas a campanha deste ano terá uma cara australiana. Por isto o nome da campanha foi escolhido de Operação Waltzing Matilda. Este é o hino nacional não oficial da Austrália. A palavra Waltzing é parte do inglês Australiano, e significa viver viajando, grandes distâncias e sobreviver aprendendo trabalhos enquanto viaja.

“Os australianos são os defensores de baleia mais apaixonados no planeta,” disse Capitão Watson. “A Operação Waltzing Matilda refletirá nossa gratidão a Austrália para o incrível apoio que nós recebemos das pessoas desta nação maravilhosa desde 2005. O Steve Irwin partirá em dezembro da Austrália Ocidental com uma maioria da tripulação de australianos.”

Kylie Herd, um tripulante da Sea Shepherd de Perth que assiste a Conferência da CIB em Madeira disse, “Nosso logotipo este ano é inspirado na arte que enfeitava os aviões caça dos legendários Tigres Voadores que lutaram contra as forças Imperiais japonesas na China. As cores das bandeiras aborígine e australiana são representadas no logotipo que inclui um canguru pirata segurando o tridente de justiça de Netuno. Nós pretendemos valsar até o Oceano Meridional para dançar perigosamente com a frota baleeira japonesa e nós pretendemos demonstrar uma Matilda cheia de táticas defensivas para as baleias contra baleeiros japoneses.”

A Campanha em Defesa das Baleias: Operação Waltzing Matilda está programada para partir rumo ao Oceano Meridional no dia 1º de dezembro de 2009.

Como sempre, a Sea Shepherd tem algumas novas surpresas para as baleeiras pirata japonesas este ano e os baleeiros certamente terão algumas surpresas para a Sea Shepherd. Os confrontos vem aumentando enquanto os baleeiros perdem cada vez mais dinheiro. A tripulação da Sea Shepherd pretende persistir e nunca se retirará do Santuário Antártico das Baleias até que o último arpão for silenciado e a palavra “santuário” for uma vez por todas compreendido. Não existe retirada para a Sea Shepherd da guerra das baleias, existe apenas vitória ou derrota para as baleias, e nós não pretendemos ver as baleias derrotadas, nem nós pretendemos deixar que este bando de bárbaros vençam.

baleia pa o blog 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14

WordPress Themes